PUBLICIDADE

Bolsonaro

Bolsonaro apresenta ao STF extratos bancários do período que atuou como presidente

Entrega acontece após Alexandre de Moraes determinar a quebra dos sigilos bancário e fiscal do ex-presidente e de Michelle Bolsonaro

25 ago 2023 - 09h01
(atualizado às 09h19)
Compartilhar
Exibir comentários
O ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro
O ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro
Foto: Reuters/Adriano Machado

Jair Bolsonaro (PL) apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) os extratos bancários dos quatro anos que foi presidente do Brasil. A entrega acontece após o ministro Alexandre de Moraes determinar a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Bolsonaro e da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro na última semana. A informação é da TV Globo.

"Em que pese a ausência de qualquer intimação que permitisse a confirmação de tal determinação, o peticionário comparece de forma espontânea aos presentes autos, para apresentar seus extratos bancários, do período em que atuou como Presidente da República, afastando a necessidade de se movimentar a máquina pública para apurar os dados bancários em questão", diz a petição assinada por Paulo Cunha Bueno e Daniel Tesser, advogados do ex-presidente.

Os advogados de Bolsonaro também pediram que seja decretado sigilo da petição e dos seus anexos: "Considerando o teor dos documentos ora apresentados, requer a decretação do sigilo da presente petição e seus anexos. Não obstante, informa que está à disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos acerca de sua movimentação bancária."

Hacker, quebra de sigilo e Mauro Cid: entenda o cerco a Bolsonaro Hacker, quebra de sigilo e Mauro Cid: entenda o cerco a Bolsonaro

A quebra de sigilo

Na última quinta-feira, 17, Moraes autorizou a quebra do sigilo bancário de contas no exterior em nome de Bolsonaro, Michelle Bolsonaro e do seu ex-ajudante de ordens Mauro Cid e do general da reserva Mauro César Lourena Cid, pai de Mauro Cid. 

A investigação busca esclarecer se as contas foram usadas para recebimento de valores relativos a venda de jóias e outros presentes de valor dados por autoridades árabes a agentes públicos brasileiros.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade