0

Até agora, nenhum dirigente registrou resultado positivo para covid-19, diz BC

7 jul 2020
15h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Banco Central informou na tarde desta terça-feira, 7, por meio de sua assessoria de imprensa, que, "em função de algumas atividades presenciais, os dirigentes do BC têm adotado como prática realizar testes periódicos de detecção da covid-19". Conforme a autarquia, "até aqui, nenhum dirigente do BC registrou resultado positivo para a covid-19".

Como informou nesta terça o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, esteve pela última vez com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no dia 25 de junho, uma quinta-feira. Na ocasião, os dois se reuniram às 9 horas, no Palácio do Planalto, em Brasília, para tratar de "assuntos governamentais".

O registro consta em agenda diária de Campos Neto, publicada no site do BC. Desde então, o presidente do BC não se encontrou mais, presencialmente, com Bolsonaro. Hoje, Bolsonaro afirmou que contraiu o novo coronavírus. O resultado foi anunciado por ele em entrevista a jornalistas de TVs no Palácio da Alvorada. O exame para detectar a covid-19 havia sido feito no dia anterior.

O presidente do BC e os diretores da autarquia têm passado por exames nos dias que antecedem o encontro do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC, cujas reuniões são sempre presenciais, na sede da autarquia. O último encontro do Copom ocorreu nos dias 16 e 17 de junho.

Veja também:

Lava Jato prende secretário de Transportes de SP por supostos desvios na Saúde
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade