PUBLICIDADE

Com ciúme da mãe, jovem decapita homem em Porto Velho

Crime foi cometido na zona rural de Porto Velho por menino de 16 anos, que continua foragido

22 abr 2015 13h01
| atualizado às 13h11
ver comentários
Publicidade
Crime ocorreu no distrito de Cujubim Grande, em Porto Velho
Crime ocorreu no distrito de Cujubim Grande, em Porto Velho
Foto: Divulgação

 

Um adolescente de 16 anos matou a golpes de facão um homem de 45 anos na madrugada desta quarta-feira (22). O crime aconteceu no distrito de Cujubim Grande, na zona rural de Porto Velho, capital de Rondônia. De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima foi identificada como Divanildo Dias Rodrigues, proprietário de um sítio naquela localidade.

Ainda de acordo com relato dos policiais que atenderam a ocorrência, ambos participavam de uma pequena festa em uma propriedade rural do distrito quando se desentenderam. Divanildo teria assediado sexualmente a mãe do rapaz, que saiu em sua defesa. Antes do crime, os dois travaram luta corporal intensa e foram apartados por quem estava presente.

 
Siga o Terra Notícias no Twitter

 

Testemunhas disseram à polícia que pouco tempo depois a mulher foi tomar banho no local e Divanildo foi observá-la. Revoltado, o garoto pegou o facão e desferiu vários golpes contra o pescoço do homem, que foi decapitado. Após o crime, o jovem fugiu do local.

A polícia busca informações que levem ao paradeiro do rapaz.

Crime semelhante
Em março, um homem também morreu a golpes de facão no distrito de Cujubim Grande. Pedro Rodrigues de Oliveira, 44 anos, foi morto por um adolescente e outros dois rapazes de 19 e 20 anos, após uma noitada de festa na região conhecida como “ramal dos mutuns”, no baixo Rio Madeira.

De acordo com as investigações, naquela ocasião, o motivo do crime também foi passional, uma vez que a vítima teria dançado com a namorada de um dos acusados. O corpo de Pedro foi encontrado às margens do rio com vários cortes de facão pelo corpo e com a cabeça separada do pescoço. Testemunhas disseram que o adolescente se vangloriou pelo crime e que relatou ter praticado canibalismo.

Jihadistas divulgam vídeo de execução de 16 cristãos etíopes:

Fonte: Especial para Terra
Publicidade
Publicidade