2 eventos ao vivo

Inteligência trabalha com certeza de protestos na Jornada da Juventude

Centro de Inteligência Nacional do Sistema de Brasileiro de Inteligência (Sisbin) trabalha com certeza de manifestações espontâneas durante o evento

16 jul 2013
13h57
atualizado às 13h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Há oito dias do início da Jornada Mundial da Juventude, o Centro de Inteligência Nacional do Sistema de Brasileiro de  Inteligência (Sisbin) trabalha com um cenário de certeza de manifestações espontâneas durante o evento. Segundo um painel atualizado permanentemente no centro nervoso de operação, o alerta para manifestações, chamada internamente de “grupos de pressão”, é o máximo em uma escala de cinco níveis.

“Diante das ações dessa fonte percebidas no País nos últimos meses associadas às ações internacionais relacionadas a grandes eventos desse teor, considerou-se tendência de avaliação positiva durante o evento”, descreve o painel. Mais tarde, o diretor do departamento de integração do Sisbin, Carlos Ataídes, explicou que “grupos de pressão” são movimentos espontâneos, sem hierarquias – como os grupos que foram às ruas no mês passado em todo o País.

O painel intercala cenários no Rio de Janeiro (sede do evento) e Aparecida (SP), cidade que será visitada pelo papa Francisco. No caso do Rio, são apontados ainda como alerta, sem sinal claro de tendência, manifestações de grupos organizados (como sindicatos ou médicos) e também aumento da criminalidade comum. Incidentes de trânsito, ações do crime organizado ou de organizações terroristas são minimizadas no cenário atual.

saiba mais

“As informações são coletadas nos nossos centros regionais junto com os parceiros. Então, recebemos e atualizamos diariamente, a cada hora, a cada minuto. Quando chega uma informação nova, ela é relatada e atualizada ali no painel. Ela aumenta, diminui, conforme a intensidade da situação que está sendo acompanhada”, explicou Ataídes.

Apesar da previsão de protestos durante a visita do papa, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, José Elito, descarta problemas durante o evento. “As manifestações não serão problema, absolutamente. As manifestações são uma coisa que temos que encarar com total naturalidade e, claro, olhar, acompanhar, para evitar que aquelas manifestações tenham uma repercussão a ponto de prejudicar um grande evento”, afirmou o ministro. 

“Isso não vai acontecer, vocês viram que durante a Copa das Confederações nós tivemos várias manifestações e, graças as ações dos ministérios diretamente envolvidos e, claro, com o apoio da inteligência, todas as competições tiveram um brilho a altura da Copa”, assegurou.

Trinta e um órgãos de 17 ministérios atuam de maneira integrada no Centro de Inteligência Nacional para prevenir surpresas durante os grandes eventos. O centro fica localizado dentro da sede da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), em Brasília, e está ligado aos centros de inteligência no Rio (centro nervoso de operação durante o evento) e em Aparecida (SP). 

Papa Francisco no Brasil
Com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a Jornada Mundial da Juventude 2013 ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, realizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos o Papa. A última edição da JMJ ocorreu em 2011, em Madri, na Espanha, e reuniu cerca de 2 milhões de pessoas, de mais de 190 países.

O evento marca também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março desde ano. O Pontífice chega ao Rio de Janeiro na tarde do dia 22 de julho, com retorno a Roma previsto para o dia 28. Sua agenda no Brasil contempla a visita à comunidade de Varginha, no complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, e ao Hospital São Francisco de Assis. Além disso, terá um encontro com a sociedade no Theatro Municipal, no centro da cidade, e ao Santuário de Aparecida, em São Paulo. O ponto alto fica por conta de duas grandes celebrações na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, nos dias 25 e 26.

vc e o papa
Você conheceu os papas João Paulo II ou Bento XVI? Vai participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio ou tentar encontrar com o Papa Francisco em Aparecida? Participe do vc repórter e envie seus relatos, fotos ou vídeos com os papas para o Terra.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade