PUBLICIDADE

RJ: família de bebê que levou puxão em batizado faz denúncia contra padre

Imagens do momento circulam nas redes sociais e causaram revolta; caso será investigado

28 mai 2024 - 18h25
(atualizado às 23h17)
Compartilhar
Exibir comentários
Padre dá 'puxão' em bebê durante batizado na Serra do Rio:

A família da bebê que levou um puxão durante um batizado na Paróquia de São Sebastião do Alto, na Região Serrana do Rio de Janeiro, registrou um boletim de ocorrência contra o padre Ricardo Pinheiro da Silva Schueller, que foi filmado cometendo o ato. As imagens do momento circulam nas redes sociais e causaram revolta (veja acima).

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado na delegacia do município e que todos os envolvidos estão sendo ouvidos para apurar os fatos. 

O caso aconteceu no último sábado, 25. No vídeo, a criança aparece se movimentando e chorando bastante. Sem paciência, o sacerdote puxa a menina pela cabeça com força, pelo menos duas vezes, em direção à pia batismal para continuar o processo do rito. Na última, a mãe retira a mão do padre e abraça a bebê. 

Ela e a tia da criança, que estava ao lado, falam algo para o religioso. Ele pede desculpa e a chama para tirar uma foto. À uma emissora local, os familiares disseram estar revoltados e pediram justiça. 

Família disse estar ‘revoltada’. Ricardo Pinheiro da Silva Schueller pediu desculpas
Família disse estar ‘revoltada’. Ricardo Pinheiro da Silva Schueller pediu desculpas
Foto: Reprodução/Redes sociais

Por meio da diocese de Nova Friburgo (RJ), o padre pediu perdão, reconheceu que houve uma “falta de caridade com a família, a criança e os convidados” e afirmou que assim que o ato terminou se desculpou. 

“Caríssimos irmãos! Movido pelo espírito de Concórdia e de paz, quero pedir perdão a todos os que se sentiram entristecidos por minha atitude no dia de ontem, 25/05, na paróquia de São Sebastião. Reconheço minha falta de caridade com a família, a criança e os convidados. Ao término do batismo a família entrou em contato comigo na sacristia. Pude pedir perdão pelo ocorrido, embora não tenha sido intencional. Dom Luiz, nosso bispo, conversou comigo e passou suas orientações e correções. Conto com a compreensão e orações de todos! A vida é um aprendizado e em todas as ocasiões Deus quer nos santificar e nos purificar. O zelo pelos sacramentos deve estar acompanhado pelo espírito da caridade fraterna e solidária. Que Deus nos abençoe! Pe. Ricardo Pinheiro da Silva Schueller, administrador paroquial", disse em nota. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade