3 eventos ao vivo

Para 73% dos paulistanos, protestos são prejudiciais

22 mai 2014
04h08
atualizado às 04h11
  • separator
  • comentários

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo aponta que, de cada 10 moradores da cidade de São Paulo, sete afirmam que os protestos geram mais prejuízos que benefícios, tanto para eles mesmos (69%), como para o conjunto da sociedade (73%).

De acordo com a pesquisa, 52% dos entrevistados apoiam as manifestações. Os dados são da pesquisa realizada na terça-feira, no primeiro dia da greve de ônibus na capital paulista.

Segundo a publicação, o resultado do levantamento é comparável com os de duas pesquisas de 2013. Nas duas, o apoio dos paulistanos aos protestos era bem maior – 89% em junho e 74% em setembro.

Copa do Mundo
Ainda de acordo com a publicação, 90% dos entrevistados acreditam que haverá corrupção na organização da Copa do Mundo no Brasil. Os paulistanos apresentaram opinião dividida sobre a conveniência de fazer o evento no País: 45% se disseram a favor; 43%, contra. Com a margem de erro de quatro pontos (foram ouvidas 819 pessoas), trata-se de um empate técnico.

Para 76% dos entrevistados, o Brasil não está preparado para sediar a Copa e, para 66%, o torneio irá trazer mais prejuízos que benefícios para o País. Para 76%, os protestos contra a Copa irão aumentar até o início da competição, mas 63% dos ouvidos afirmam ser contra as manifestações. 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade