PUBLICIDADE

Helicóptero que desapareceu no Pará é encontrado submerso

Dois corpos já foram encontrados entre os destroços; bombeiros e mergulhadores estão no local

21 fev 2024 - 16h25
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O helicóptero que desapareceu na última segunda-feira, 19, no Pará, foi encontrado submerso nesta quarta-feira, 21, com a ajuda de pescadores da região, na ilha de Porto Novo, no município de Goianésia do Pará. Dois corpos já foram encontrados entre os destroços, e a expectativa é que o terceiro também esteja.
Helicóptero desaparecido em Marabá
Helicóptero desaparecido em Marabá
Foto: Divulgação

O helicóptero que desapareceu na última segunda-feira, 19, no Pará, foi encontrado submerso nesta quarta-feira, 21, com a ajuda de pescadores da região. A aeronave foi localizada em uma região de ilha chamada Porto Novo, que pertence ao município de Goianésia do Pará, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) que está auxiliando nas buscas.

Equipes de mergulhadores e os bombeiros foram acionadas e estão no local. A aeronave era tripulada pelo piloto e empresário Josimar Éneas da Costa, além dos passageiros Nildo Ferreira e Abílio Manoel Figueiredo Medeiros, servidor do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT).

Um corpo já foi encontrado entre os destroços e, ainda segundo a PRF, já foi confirmado que um segundo está preso entre o que sobrou da aeronave. A expectativa é que o terceiro corpo também esteja.

O desaparecimento

Helicóptero desaparece no Pará e polícia inicia buscas:

O helicóptero com três pessoas desapareceu no fim da tarde de segunda-feira, 19, no Pará. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a aeronave decolou de Altamira e estava indo em direção a Marabá, ambas cidades no Pará.

Um dos tripulantes, identificado como Nildo Ferreira, chegou a publicar imagens de quando estava no helicóptero, sobrevoando uma cidade. Além dele, há a informação de que um servidor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está entre os desaparecidos.

Em nota, o DNIT disse que "está acompanhando as buscas da aeronave que desapareceu no Pará com um servidor da autarquia a bordo. O DNIT esclarece que o servidor não estava a serviço do órgão."

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou, por meio do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), que o SALVAERO Amazônico  foi acionado, nesta terça, com a informação de que o helicóptero de modelo R-44 e matrícula PT-BLZ estava desaparecido desde segunda-feira.

"De acordo com informações apuradas, a aeronave decolou de local próximo ao município de Tucuruí (PA) e não chegou ao seu destino", diz em nota. Uma aeronave da FAB está atuando nas buscas na região.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade