0

Caminhoneiros bloqueiam Via Dutra contra liminar do STF

Profissionais protestaram na manhã desta segunda-feira (10)

10 dez 2018
16h27
atualizado às 17h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Um grupo de caminhoneiros interditou parcialmente nesta segunda-feira (10) a Via Dutra (BR-116), estrada que liga os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, na altura do quilômetro 274, na cidade fluminense de Barra Mansa, em protesto contra o desrespeito à tabela nacional de fretes.

Paralisação ocorreu na manha desta segunda-feira (10).
Paralisação ocorreu na manha desta segunda-feira (10).
Foto: Lucas Ruiz / Futura Press / Ansa - Brasil

Os profissionais desaprovam a concessão de liminar pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, que impediu que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) começasse a multar transportadores que não seguissem a tabela de valores mínimos para transportes de cargas, definida pelo governo após a greve geral da categoria, realizada no último mês de maio. O setor empresarial considera o documento inconstitucional.

A paralisação no sentido Rio de Janeiro causou congestionamento de cerca de dois quilômetros por volta das 5h desta segunda-feira (10), segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Por volta das 11h, no entanto, já não havia bloqueios na rodovia e o trânsito fluía sem lentidão. Outros protestos foram registrados em Pindamonhagaba, Santos e Além Paraíba, em Minas Gerais. A PRF informou que duas pessoas foram detidas por agredirem caminhoneiros que se recusaram a parar. Um profissional ficou ferido após ser atingido na cabeça por uma pedra.

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) se posicionou contra a paralisação e uma possível nova greve. Em maio, a paralisação geral dos caminhoneiros por causa do preço dos combustíveis causou desabastecimento em todo o país.

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade