4 eventos ao vivo

Brasil tem 529 mortes em 24h e se aproxima de 160 mil óbitos

A média móvel diária de mortes causadas pelo novo coronavírus no Brasil ficou em 433 nesta sexta-feira, 30.

30 out 2020
18h44
atualizado às 20h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Desde às 20 horas do dia anterior, o País contabilizou 529 novos óbitos, elevando o total para 159.562 brasileiros mortos pela doença desde o início da pandemia, em fevereiro. Já o número de casos subiu para 5.519.528 após a contabilização de mais 23.126 brasileiros infectados.

Os dados são do levantamento do consórcio dos veículos de imprensa, formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL, e feito em conjunto com as secretarias estaduais de Saúde. O balanço do Ministério da Saúde, por sua vez, aponta que há 4.966.264 recuperados e outros 390.917 que seguem em acompanhamento.

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) registrou, mais cedo, que o Brasil contabilizou mais 508 novas mortes provocadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, ultrapassando a marca de 159 mil óbitos.

Sepultadores com trajes de proteção enterram vítima de Covid-19 no cemitério de Vila Formosa, em São Paulo
22/05/2020 REUTERS/Amanda Perobelli
Sepultadores com trajes de proteção enterram vítima de Covid-19 no cemitério de Vila Formosa, em São Paulo 22/05/2020 REUTERS/Amanda Perobelli
Foto: Reuters

De acordo com o boletim, o número total de vítimas decorrentes do novo coronavírus Sars-CoV-2 é de 159.477 desde o início da pandemia.

No último período, o país registrou também 22.282 novos casos da doença. Com isso, o total de diagnósticos positivos desde março é de 5.516.658.

Ao todo, cerca de 5 milhões de pessoas já se recuperaram da covid-19. A taxa de letalidade está mantida em 2,9%. Já o índice de mortalidade é de 75,9 para cada 100 mil habitantes.

A cada 100 mil brasileiros, 2.625,1 já foram infectados desde o começo da pandemia, segundo os dados do Conass. A média móvel de casos em sete dias é de 23.389 e a de mortes é 430 - a mais baixa desde 6 de maio.

São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará são os estados com maior número de mortes.

Veja também:

Homem é agredido com golpe de garrafa em Toledo
Ansa - Brasil    Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade