0

Brasil tem 527 novas mortes por Covid-19 e acumula 246,5 mil

Também foram notificados 29.026 novos casos de covid-19 e, com isso, o total de infecções confirmadas atingiu 10.168.174 pessoas

21 fev 2021
18h35
atualizado às 20h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil registrou 527 novos óbitos em decorrência do coronavírus nas últimas 24 horas, o que elevou o total de vítimas fatais pela doença no país a 246.504, informou o Ministério da Saúde neste domingo.

Brasil tem 527 novas mortes por Covid-19 e acumula 246,5 mil
Brasil tem 527 novas mortes por Covid-19 e acumula 246,5 mil
Foto: Reuters

Também foram notificados 29.026 novos casos de covid-19 e, com isso, o total de infecções confirmadas atingiu 10.168.174 pessoas.

Às segundas-feiras e domingos, as cifras diárias podem ficar mais baixas, em função do represamento de testes aos finais de semana. Recentemente, o país tem registrado mais de mil mortes ao dia.

Minas Gerais foi o Estado que reportou mais mortes nas últimas 24 horas, com 120 vítimas fatais. O total de óbitos entre mineiros atingiu 17.714 pessoas.

No entanto, São Paulo permanece na liderança de óbitos acumulados, com 57.799, seguido pelo Rio de Janeiro, com 32.173 mortes. Em número de casos, os Estados têm 1.975.927 e 572.007, respectivamente.

O Ministério da Saúde ainda contabiliza 9.095.483 pessoas recuperadas da covid-19 e 826.187 pacientes em acompanhamento no país.

O Brasil se tornou na última quinta-feira o terceiro país no mundo a superar a marca de 10 milhões de infectados pelo vírus, juntando-se aos Estados Unidos e à Índia. Já em termos de mortes pela covid-19, fica abaixo somente dos EUA.

Média móvel

A média móvel de mortes por covid-19 no Brasil ficou em 1.038 vítimas neste domingo, 21, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Há mais de um mês que esse número permanece superior a mil. A média leva em consideração os dados dos últimos sete dias e corrige distorções provocadas pela variações nos registros.

Nas últimas 24 horas, o País registrou 554 novos óbitos e 29.035 novos casos confirmados. Os números são reunidos pelo consórcio de veículos de comunicação a partir dos registros das secretarias estaduais de Saúde. No domingo, acontece um represamento dos dados, que acabam entrando nas estatísticas somente na segunda-feira.

O consórcio é formado pelo Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL. No total, o Brasil já soma 246.560 mortes desde o início da pandemia, em meio a 10.167.300 diagnósticos confirmados.

De acordo com o Ministério da Saúde, são 9.095.483 os recuperados da doença. A pasta tem em seus registros 246.504 mortes (527 nas últimas 24 horas) e 10.168.174 casos (29.026 nas últimas 24 horas). Os números do consórcio diferem dos dados do ministério em razão da metodologia de coleta.

Consórcio dos veículos de imprensa. O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Veja também:

 

Estadão Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade