PUBLICIDADE

Polícia do Reino Unido diz ter recebido relato de agressão sexual após denúncias sobre Russell Brand

Polícia recebeu denúncia de agressão sexual que remonta a 20 anos, após reportagens da mídia sobre o comediante e ator

18 set 2023 - 14h20
(atualizado às 14h54)
Compartilhar
Exibir comentários
Brand, 48 anos, disse no sábado que nunca havia feito sexo não consensual
Brand, 48 anos, disse no sábado que nunca havia feito sexo não consensual
Foto: REUTERS/Suzanne Plunkett

A polícia de Londres disse nesta segunda-feira que recebeu uma denúncia de agressão sexual que remonta a 20 anos, após reportagens da mídia sobre o comediante e ator Russell Brand.

Brand, 48 anos, disse no sábado que nunca havia feito sexo não consensual quando o jornal Sunday Times e o documentário "Dispatches", do Channel 4 TV, informaram que quatro mulheres o haviam acusado de agressões sexuais, incluindo um estupro, entre 2006 e 2013.

A polícia disse que, desde que essas alegações foram publicadas e transmitidas, recebeu um relato de uma agressão que teria ocorrido no Soho, no centro de Londres, em 2003.

"Os policiais estão em contato com a mulher e lhe darão apoio", disse o comunicado da Polícia Metropolitana.

Não houve nenhum comentário imediato dos representantes de Brand após a declaração da polícia.

6 mitos sobre estupro que beneficiam os agressores 6 mitos sobre estupro que beneficiam os agressores

Brand, ex-marido da cantora norte-americana Katy Perry, publicou uma mensagem de vídeo nas mídias sociais para negar as "alegações criminais muito sérias" horas antes de serem publicadas no sábado.

"Essas alegações se referem à época em que eu estava trabalhando no mainstream, quando eu estava nos jornais o tempo todo, quando eu estava no cinema. E, como já escrevi extensivamente em meus livros, eu era muito, muito promíscuo", disse Brand.

"Agora, durante esse período de promiscuidade, os relacionamentos que tive foram absolutamente sempre consensuais", acrescentou o comediante, conhecido por seu estilo e aparência extravagantes, que estrelou vários filmes como "Get Him to the Greek".

O Times e o Dispatches disseram que uma mulher fez uma alegação de estupro, enquanto outra disse que Brand a agrediu quando ela tinha 16 anos e ainda estava na escola. Duas das acusadoras relataram que os incidentes ocorreram em Los Angeles.

Os relatos das alegações sobre Brand, que já foi um dos comediantes e radialistas mais famosos do país, dominaram a mídia britânica desde que surgiram.

A BBC, em cujos programas de rádio ele trabalhou entre 2006 e 2008, disse que estava analisando com urgência as questões levantadas pelas alegações e a Banijay UK, a empresa de produção por trás de um programa de televisão que já foi apresentado por Brand, disse que também havia iniciado uma investigação interna urgente.

"Essas alegações são muito sérias e preocupantes, e você deve saber que a Polícia Metropolitana pediu a qualquer pessoa que acredite ter sido vítima de agressão sexual que se apresente e fale com os policiais", disse aos repórteres um porta-voz do primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade