PUBLICIDADE

Personagem de "Renascer": entenda as diferenças entre pessoas intersexo e trans

Na primeira versão da novela, Buba era uma pessoa intersexo, agora, será uma mulher trans; entenda cada termo

30 jan 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
A personagem Buba da primeira versão da novela foi interpretada por Maria Luisa Mendonça e era uma pessoa intersexo. Já no remake, ela será uma mulher trans, interpretada pela atriz trans Gabriela Medeiros
A personagem Buba da primeira versão da novela foi interpretada por Maria Luisa Mendonça e era uma pessoa intersexo. Já no remake, ela será uma mulher trans, interpretada pela atriz trans Gabriela Medeiros
Foto: Reprodução/Instagram/@gabrielamedeiros/@tvglobo

O remake da novela "Renascer", da Globo, estreou na emissora na última segunda-feira, 22, com algumas mudanças na trama, como a história da personagem Buba. Antes, a personagem interpretada pela atriz Maria Luisa Mendonça era descrita como "hermafrodita", ou seja, uma pessoa intersexo.

Agora, a personagem Buba será uma mulher trans, interpretada pela atriz trans Gabriela Medeiros, de 22 anos. A mudança, no entanto, despertou dúvidas no público sobre o que é uma pessoa intersexo e uma pessoa trans.

As mudanças de "Renascer" para ser uma novela mais diversa As mudanças de "Renascer" para ser uma novela mais diversa

Intersexo

A letra "I" da sigla LGBTQIA+ significa intersexo. O termo se refere a indivíduos que nascem com variações biológicas que não se encaixam nas definições típicas de "homem" e "mulher". Isso pode incluir variações nos cromossomos, genitais, hormônios ou outras características sexuais.

Uma pessoa intersexo pode aparentar ser do sexo feminino e, ao mesmo tempo, ter a genitália do sexo masculino, por exemplo. Essas características podem ser visíveis desde o nascimento da pessoa ou ficarem aparentes ao longo dos anos.

O termo "hermafrodita", usado para descrever a personagem Buba da novela "Renascer", de 1993, tem um cunho pejorativo e, por isso, não deve ser usado para se referir a pessoas intersexo. Outro termo que não deve ser usado é "intersexual", segundo a Associação Brasileira Intersexo.

Porque não devemos mais usar o termo "Hermafrodita" Porque não devemos mais usar o termo "Hermafrodita"

A intersexualidade está relacionada à biologia, não à identidade de gênero. Pessoas intersexo podem se identificar como homem, mulher ou outra identidade de gênero, assim como as pessoas não intersexo.

Trans

Já as pessoas trans são aquelas que não se identificam com o sexo biológico atribuído a elas no nascimento. Por exemplo, uma pessoa designada como homem ao nascer, mas que se identifica como mulher, é considerada uma pessoa trans.

Ser transgênero está relacionado à experiência interna de gênero. Envolve a autoidentificação e pode ou não envolver intervenções médicas para alinhar características físicas com a identidade de gênero.

Qual a diferença entre trans e travesti? Qual a diferença entre trans e travesti?

Atualmente, o termo "transexual" entrou em desuso por, inicialmente, o transexualismo ser tratado como transtorno psicológico. O termo "transgênero" é o mais adequado para se referir a essa comunidade, apesar das pessoas preferirem a sua abreviação, "trans".

NÓS Explicamos: o que nunca dizer para pessoas trans:
Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade