PUBLICIDADE

Mulher trans brasileira é agredida por policiais na Itália

Vídeo mostra o uso de cassetetes, gás de pimenta e muitos chutes

25 mai 2023 - 14h09
(atualizado às 14h41)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução/Twitter/@marcofurfaro / Reprodução/Twitter/@marcofurfaro

Uma transexual brasileira foi agredida por quatro policiais em Milão, na Itália, ontem, dia 24. Um vídeo circula nas redes sociais do ato de violência, que foi registrado por alunos da Universidade Bocconi. A identidade da mulher não foi revelada até o momento.

Nas imagens, a vótima leva chutes na costela e golpes de cassetete. Também foi usado spray de pimenta no rosto dela e, depois, posta no asfalto para ser algemada. A ação levantou questionamentos sobre a atuação da polícia e uma investigação foi aberta pelo Ministério Público de Milão.

Presidente do Sindicato Unitário dos Policiais Locais, Daniele Vincini, informou que os agentes foram acionados para atender uma denúncia de que a brasileira supostamente estaria importunando algumas crianças.

"Ela começou a dar cabeçadas e fingiu desmaiar. Quando os agentes fizeram a abordagem, ela os atacou para tentar fugir. O que você estão vendo é a última parte do vídeo."

O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, declarou que o assunto é sério, mas não poderia intervir.

"No entanto, para poder intervir formalmente é necessário que a polícia faça um boletim de ocorrência. Os agentes responsáveis foram colocados nos serviços internos", disse Sala. 

*Com informações da ANSA

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade