PUBLICIDADE

Movimento de mulheres "Uma sobe e puxa a outra" privilegia a diversidade

Na semana que celebrou a Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, empresa de cosméticos promoveu momento para potencializar talentos femininos negros

4 ago 2022 - 15h16
Ver comentários
Publicidade
Imagem mostra mulheres participantes do movimento "Uma sobe e puxa a outra".
Imagem mostra mulheres participantes do movimento "Uma sobe e puxa a outra".
Foto: Imagem: Divulgação/Roberto Setton / Alma Preta

Na última sexta-feira (29), um grupo de mulheres negras que atuam em diversas áreas da marca Avon se reuniu para trocas sobre suas trajetórias pessoais e profissionais, num momento de acolhimento entre pares. O encontro foi realizado na sede da companhia para refletir sobre o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha.

Essa é uma das ações da célula étnico-racial da Rede Pela Diversidade Avon e do Projeto DIVA (Diversidade + Avon), que engloba iniciativas focadas em equidade étnico-racial, que atrai novos talentos e desenvolve os colaboradores da companhia.

Logo após a roda de conversa, o grupo recebeu a participação surpresa de outras mulheres da liderança da Avon, que se ofereceram para amadrinhar colaboradoras negras e apoiar o crescimento delas em suas carreiras. Inspiradas no movimento "uma sobe e puxa a outra", todas vestiram a camisa e se conectaram, refletindo o compromisso da Avon, que há mais de 135 anos incentiva o empoderamento e o empreendedorismo de mulheres.

"Ter uma madrinha não é sinônimo de fragilidade. No mundo corporativo estamos falando de desenvolvimento de carreira, de força e expertise compartilhadas. Como as lideranças costumam ser homens, as mulheres têm pouco acesso a esses mentores. Então ter o suporte mais próximo de outra mulher como madrinha pode ajudar a acelerar as carreiras dos nossos talentos negros femininos, além do programa de mentoria que também já existe no DIVA", analisa Carla Moraes.

O Projeto DIVA é uma iniciativa do movimento #EssaÉMinhaCor e visa acelerar o cumprimento das metas do compromisso antirracista da Avon, que tem como um dos objetivos alcançar 30% de mulheres negras em posição de liderança até 2030. Desde a divulgação do Compromisso Antirracista, 51% dos novos contratados são pessoas negras, sendo 92% de mulheres em cargos de liderança na Força de Vendas. Saiba mais sobre o Compromisso Antirracista da Avon.

Para obter mais informações sobre a Avon, visite o site da marca.

 Mulheres negras lutam por mais espaço na política da América Latina

Alma Preta
Publicidade
Publicidade