PUBLICIDADE

Lula compartilha trecho de entrevista de Ana Hickmann: 'Importante relato'

Presidente republicou trecho de entrevista em que a apresentadora fala sobre caso de agressão

27 nov 2023 - 20h44
(atualizado às 22h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Lula exalta importância de relato de Ana Hickmann sobre divórcio pela Lei Maria da Penha
Lula exalta importância de relato de Ana Hickmann sobre divórcio pela Lei Maria da Penha
Foto: Reprodução/Agência Brasil/TV Record

Em meio à repercussão da entrevista de Ana Hickmann sobre as agressões e o pedido de divórcio do ex-marido, o empresário Alexandre Correa, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) elogiou a fala da apresentadora em que ela explica o processo de separação amparado pela Lei Maria da Penha.

Em seu perfil na rede social X (antigo Twitter), Lula ressaltou a importância do relato da apresentadora, veiculado na noite do último domingo, 26, no Domingo Espetacular, da TV Record. No trecho republicado por Lula, Ana Hickmann diz que pediu o divórcio pela Lei Nº 11.340 de 2006, a Lei Maria da Penha, que criou mecanismos de combate à violência doméstica e familiar contra a mulher

"A lei 'tá' para nos proteger, ela foi criada por conta de uma mulher que foi vítima disso e tantas outras que também foram vítimas disso. Eu cansei, eu dou notícia sobre isso todos os dias no Hoje em Dia. A lei é cada vez mais forte, ela me protegeu, sim, existem muitos gatilhos de proteção", afirma a apresentadora.

Questionada sobre as diferenças entre o processo de divórcio normal e o amparado pela Lei Maria da Penha, Hickmann explica que o segundo é mais ágil. "Fica claro que aquele relacionamento não pode mais existir". 

"Importante relato da apresentadora Ana Hickman. A Lei Maria da Penha, sancionada em 2006, é um instrumento fundamental para combater a violência contra as mulheres. Disque 180", escreveu Lula em seu perfil na noite desta quinta-feira, 27.

Agressão e suspeitas de fraude  

A ex-modelo deu sua primeira entrevista após a divulgação das agressões que sofreu de Correa ao Domingo Espetacular, da TV Record, que foi ao neste domingo, 26. À apresentadora Carolina Ferraz, Hickmann se emocionou e chamou o marido de 'covarde e canalha': “É difícil reviver algumas coisas, mas agora dá para falar sem chorar. Já chorei muito."

Ela ainda afirmou que eles estavam separados desde janeiro e disse que há uma 'grande investigação por fraude, desvio e falsidade ideológica' na empresa em que administravam.

Ana Hickmann dá primeira entrevista após divulgação de agressões de Alexandre Correa
Ana Hickmann dá primeira entrevista após divulgação de agressões de Alexandre Correa
Foto: Reprodução/TV Record

Ana relembrou a dinâmica que envolveu as agressões do dia 11 de outubro. Ela contou que conversava com o filho sobre a vida familiar quando foi interpelada por Alexandre que, exaltado, passou a discutir com a esposa. "Por conta dessa conversa e coisas que aconteceram antes, a briga começou, fui achincalhada pelo Alexandre. Começou com uma agressão verbal e depois acabou com o que o Brasil descobriu”, disse.

A apresentadora contou que vivia um relacionamento tóxico e que o casal não estava mais envolvido romanticamente desde janeiro. A relação entre ambos era profissional e Ana aponta que havia tentado dar um fim no relaciomento. "Comecei a perceber que não tinha mais amor, era sim um grande negócio. [...] Tirei ele do meu quarto". 

“No dia 1º de janeiro desse ano eu falei: ‘Chega. Não sou um objeto. Se você quiser levar como um trabalho. Marido e mulher não existe mais’. Tirei a aliança. Achei que iam perceber, mas estavam tão acostumados com aquela situação toda, que ninguém percebeu”, disse Ana Hickmann.

As brigas entre o casal se tornaram mais frequentes após Ana Hickmann descobrir problemas financeiros e dívidas envolvendo a empresa que administravam. Ela acredita que o marido era desonesto com relação à gestão financeira dos negócios, além de não saber o tamanho real do prejuízo. 

“Não faço a menor ideia, porque ainda não cheguei no fundo. O motivo de eu não saber é que a gente sempre dividiu isso muito bem, e eu sempre deixei claro, dentro da nossa empresa, ele era a parte administrativa e financeira, e eu, celebridade, design e marketing", apontou.

Ela diz que não pode dar detalhes sobre as investigações que envolvem sua empresa com Alexandre, que correm em sigilo na Justiça. "O que posso dizer é que na quinta-feira que antecedeu essa agressão dentro da minha casa, encontrei documentos, cheques, muita coisa que, algumas, quando olhei, não consegui identificar pra que serviam, se eram lícitas ou ilícitas. Assinaturas que tenho certeza que não são minhas. [...] Existe uma grande investigação de fraude, desvio, falsidade ideológica, é a única coisa que eu posso falar por enquanto", explicou.

Caso Ana Hickmann: 6 atitudes que também são agressões contra a mulher Caso Ana Hickmann: 6 atitudes que também são agressões contra a mulher

O que aconteceu com Ana Hickmann?

Ana Hickmann foi agredida pelo marido, o empresário Alexandre Correa, na tarde de sábado, 11, na casa do casal em Itu, no interior de São Paulo. Ela precisou ir até um hospital da cidade e teve o braço esquerdo imobilizado. 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a apresentadora conversava com o filho na cozinha quando o marido ouviu e não gostou do conteúdo. A discussão assustou o menino, que deixou o local. Alexandre teria empurrado Ana contra a parede e ameaçado dar cabeçadas na apresentadora. 

Na tentativa de se desvenciliar do marido, a apresentadora buscou pegar o celular na mesa para pedir a ajuda. O empresário fechou a porta da cozinha, atingindo o braço de Ana, que acabou trancando o marido para fora do cômodo e chamou a polícia. Quando a Polícia Militar chegou, o empresário não estava mais em casa. À situação, a apresentadora negou medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha.

Ana procurou por conta própria o hospital e foi atendida por um ortopedista. O braço esquerdo foi imobilizado por uma contusão no cotovelo. Em nota, ela confirmou a briga, mas não citou a agressão.

"Após um desentendimento entre Alexandre Correa e Ana Hickmann no último sábado (11), a Polícia Militar foi acionada e a apresentadora foi conduzida até o Distrito Policial para esclarecimento dos fatos. Por meio de sua assessoria de imprensa, Ana Hickmann agradece o carinho e a solidariedade dos fãs e informa que está em casa, bem e felizmente não sofreu maiores consequências em sua integridade física", diz o texto. 

Antes do posicionamento da apresentadora, Alexandre negou a agressão em contato com o jornalista Leo Dias. Posteriormente, ele assumiu o crime, mas minimizou as circunstâncias. "De fato, na data de ontem, tive um desentendimento com a minha esposa, situação absolutamente isolada, que não gerou maiores consequências. Gostaria de esclarecer também que jamais dei uma cabeçada nela, como inveridicamente está sendo vinculado na imprensa, e que tudo será devidamente esclarecido no momento oportuno".

* Em caso de violência contra a mulher, denuncie

Violência contra a mulher é crime, com pena de prisão prevista em lei. Ao presenciar qualquer episódio de agressão contra mulheres, denuncie. Você pode fazer isso por telefone (ligando 190 ou 180).Também pode procurar uma delegacia, normal ou especializada. Saiba mais sobre como denunciar aqui.

5 coisas que você não sabia sobre a Lei Maria da Penha 5 coisas que você não sabia sobre a Lei Maria da Penha

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade