PUBLICIDADE

Influenciador é preso suspeito de estuprar ao menos 7 mulheres no Ceará

Suspeito já tinha outras passagens por estupro. Ele obrigada as vítimas, com idade entre 15 e 40 anos, a fazer transferências via PIX

27 fev 2024 - 10h08
(atualizado às 10h10)
Compartilhar
Exibir comentários
Suspeito abordava vítimas, fotograva e as obrigada a fazer transferências via PIX
Suspeito abordava vítimas, fotograva e as obrigada a fazer transferências via PIX
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um influenciador de 35 anos foi preso em flagrante suspeito de estuprar ao menos sete mulheres em cidades do Ceará. De acordo com a Polícia Civil, o homem já possui antecedentes pelos crimes de estupro de vulnerável, crime contra a dignidade sexual, violação de domicílio e furto. As vítimas têm entre 15 e 40 anos.

O caso foi divulgado na segunda-feira, 26, mas o suspeito foi preso no último sábado, 24, em uma imóvel no Centro de Fortaleza. As investigações começaram no dia 18, após mãe e filha denunciarem que haviam sido vítimas de violência sexual, no bairro Itaoca. 

No decorrer da apuração, a equipe identificou que ele havia praticado o mesmo crime várias vezes ao longo do mês, sendo o último na sexta, 23. Os estupros ocorreram nos bairros Barra do Ceará, Montese e Itaoca, em Fortaleza, além Tauá, no interior do estado, e no Cumbuco, no município de Caucaia.

Com o depoimento das vítimas, a polícia identificou que ele usava o mesmo modus operandi em todos os crimes. As autoridades afirmam que o influenciador, que tem 90 mil seguidores em uma das plataformas, observava a vítima, e ao abordá-la, a obrigava a entrar na sua própria casa, onde cometiam os abusos, na maioria deles, na frente de familiares.

A investigação aponta, ainda, que o suspeito usava uma balaclava, um simulacro de pistola e alegava ser de um grupo criminoso. O influenciador também registrava fotos das mulheres e as coagia para fazer transferências via PIX, além de furtar os celulares das mulheres. 

As apurações apontam ainda que ele usava diversos transportes, como carro, moto e bicicleta para cometer os crimes e, em seguida, se desfazia dos veículos. Com ele, foram apreendidos veículos, roupas usadas por ele nos crimes, celulares e um simulacro de pistola. 

Natural de Minas Gerais, ele também teria praticado outros crimes em seu estado de origem. Na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza, ele foi autuado em flagrante pelos crimes de estupro, roubo e extorsão. Agora, i suspeito está à disposição da Justiça. 

As investigações seguem e a Polícia Civil orienta que outras possíveis vítimas procurem a delegacia mais próxima para relatar o fato. Informações que possam ajudar as autoridades podem ser repassadas pelo 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o WhatsApp da secretaria, pelo (85) 3101-0181. Neste número podem ser enviados áudios, vídeos e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o telefone (85) 3108-2950, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade