PUBLICIDADE

Flay diz ter recebido ameaças do ex-marido e expõe situação nas redes sociais: ‘Não tenho medo nenhum’

Segundo a ex-BBB, ele afirmou que 'não há lei, pessoa ou juiz' que o impeça de ver o filho

8 jul 2024 - 22h01
Compartilhar
Exibir comentários
Flay diz ter recebido ameaças do ex-marido e expõe situação nas redes sociais: ‘Não tenho medo nenhum’
Flay diz ter recebido ameaças do ex-marido e expõe situação nas redes sociais: ‘Não tenho medo nenhum’
Foto: Reprodução/Instagram

A ex-BBB Flay usou as redes sociais para expor uma situação que vem passando com o ex-marido, o empresário Jhonatan Ricarte Pereira. De acordo com ela, o pai de Bernardo, de 6 anos, a ameaçou após ela pedir apoio financeiro para os gastos com a criança. 

A denúncia foi feita durante uma live na noite desta segunda-feira, 8. Nela, a cantora começa dizendo que tem pavor de expor situações da sua vida na internet, porém, precisou encarar o “problema”. “A situação é a seguinte: eu crio meu filho sozinha, vocês sabem. Quando ele tinha um ano, eu decidi me separar do pai dele porque não queria que meu filho presenciasse o que eu vivia dentro de casa", começa. 

“Seis anos depois de criar meu filho, que nunca precisou de nada, graças à Deus e à mãe dele, vim aqui porque acabo de ser ameaçada. Se tratando da pessoa que eu conheço, deixo salvo que, se acontecer alguma coisa contra a minha vida, se algo acontecer comigo, pra que fique muito claro o que pode ter sido, tá?”, destacou Flay. 

De acordo com ela, o empresário é “uma pessoa completamente soberba, impulsiva, sem controle”. “Acabo de ligar para a mãe dele para falar isso. Não nasceu nessa terra um homem que vai me ameaçar, e eu vou me calar e ficar com medo. Eu não tenho medo nenhum, e estou deixando isso claro. Se acontecer algo contra a minha vida, foi protegendo os direitos do meu filho", destacou. 

Flay explica que o desconforto começou após a cantora ter feito um acordo entre ela e o ex-noivo, Pedro Maia Leonel, que o menino vê como figura paterna. Jhonatan teria se sentido “ameaçado”. "Ele se viu perdendo espaço de pai para uma outra pessoa e começou a querer reivindicar seus direitos de pai", explicou.

Ela alegou que o menino não tem desejo de encontrar o pai. “Eu, como mãe, não vou me colocar no meio e impedir. Mas quando meu filho fala: 'Eu não quero ir', eu simplesmente defendo meu filho. Sou aquela mãe leoa".

Segundo ela, paga quase R$5 mil na mensalidade escolar do filho e pediu R$1,5 mil para o genitor, mas ele não ajudou com os custos. “Nunca denunciei a pessoa. No Brasil, não pagar pensão é motivo de ser preso. Eu não quis que isso partisse de mim mas, infelizmente, pessoas tomam decisões erradas na vida. Uma decepção atrás da outra, anda com as pessoas erradas, e paga o preço", contou. 

Agora, recebeu ameaças do ex-marido. “Deixo aqui salvo que fui ameaçada. Tenho os áudios aqui que ele diz que não tem homem, juiz, capeta, nem Lúcifer, nem Justiça nenhuma que impeça ele de ver o filho na hora que ele quiser. Mas mostrei os áudios para o meu filho. Você não vai chegar (perto da criança) se eu não deixar”, pontuou Flay. 

"Ele sabe os direitos e os deveres dele, e tá tudo certo, sob a lei. Eu odeio injustiça. Procure seus direitos, o que você pode e deve fazer com a criança como pai", destacou. 

Ela afirma que deseja que o filho cresça e seja um homem digno. “Quero que ele não tome as decisões erradas que o pai tomou. Desde que nós nos separamos, só decisões erradas. O destino do meu filho não vai ser igual o pai dele. Não vou baixar a minha guarda para homem nenhum", comentou. 

"Eu que crio, ensino, dou valores. Se eu não quiser, não chega. Se nesse momento de loucura fizer algo contra a minha vida, está aqui salvo quem foi que fez", ela reafirmou.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade