PUBLICIDADE

"Filha de toda a Itália", diz pai de jovem vítima de feminicídio

Giulia Cecchettin, de 22 anos, foi assassinada pelo ex-namorado Filippo Turetta

6 dez 2023 - 17h04
(atualizado às 17h55)
Compartilhar
Exibir comentários
Filippo Turetta foi detido na Alemanha após uma semana foragido
Filippo Turetta foi detido na Alemanha após uma semana foragido
Foto: Ansa / Ansa - Brasil

Gino Cecchettin, pai da jovem de 22 anos Giulia Cecchettin, vítima de feminicídio pelo ex-namorado Filippo Turetta, disse em um programa de televisão da Rai nesta quarta-feira (6) que a menina se tornou neta, filha, irmã de toda a Itália.

"É um efeito que me enche de orgulho, porque vocês conheceram Giulia como eu a vivi por 22 anos. É reconfortante ver que Monica e eu trabalhamos bem. Então, ver que uma filha que você criou se tornou um pouco filha de todos os italianos me enche de orgulho", disse, relembrando também a mulher, que morreu há um ano.

O que é feminicídio? O que é feminicídio?

Ele viu positivamente um anúncio do ministro da Educação, Giuseppe Valditara, sobre o plano de levar o tema à reflexão nas salas de aula: "Fiquei muito satisfeito com essa mensagem de mudança para garantir que essas coisas não aconteçam mais".

Para o pai de Giulia, Filippo Turetta "poderia ter uma vida, talvez com outra garota, se formar, e em vez disso, estragou tudo por não conseguir lidar com o amor". Se pudesse falar com o assassino de sua filha, Gino repete que só perguntaria: "Por quê?".

Já outro programa da Rai 3 mostrará nesta quarta que Filippo Turetta queria exercer um controle total sobre a vida de Giulia.

O episódio mostrará mensagens que ele mesmo enviou à irmã da estudante, Elena.

"Oi, desculpe, você pode ligar o telefone para Giulia e fazê-la deixar ligado?" escreve Filippo, que depois, quando Elena responde com um seco "não", acrescenta: "Por quê?! Não é justo, ela não pode me ignorar por todas essas horas. Ela me prometeu ontem que ia me escrever durante o dia... pelo menos diga a ela que eu escrevi".

No decorrer da conversa, Elena Cecchettin não cede às demandas e tenta fazer o jovem raciocinar: "Filippo, dê a ela um momento de respiro".

As palavras desencadeiam uma reação de Turetta que mostra sua obsessão: "Um momento de respiro de quê? Ela me prometeu que me enviaria algumas fotos e vídeos do dia. Desculpe, obrigado".

    .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade