PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Em "A Fazenda", Cezar Black exige respeito após ser acusado de agressão por Jenny Miranda

"Eu nunca agredi você ou mulher nenhuma. Agressão contra mulher é crime e eu não fiz isso", afirmou o peão

16 out 2023 - 10h15
(atualizado às 11h28)
Compartilhar
Exibir comentários
"Agressão contra mulher é crime e eu não fiz isso. Se eu fizesse isso, não estaria aqui agora", disse Cezar Black
"Agressão contra mulher é crime e eu não fiz isso. Se eu fizesse isso, não estaria aqui agora", disse Cezar Black
Foto: Divulgação/Record TV / Pipoca Moderna

No último domingo, 15, Cezar Black cobrou um posicionamento da produção de "A Fazenda" após ser acusado de agressão pela participante Jenny Miranda. Ele exigiu um posicionamento da produção, da mesma forma que aconteceu quando Rachel Sheherazade foi acusada de racismoLucas Souza sofreu ataques homofóbicos.

Racismo, homofobia e outras coisas que não queremos ver em "A Fazenda 14" Racismo, homofobia e outras coisas que não queremos ver em "A Fazenda 14"

"Aqui dentro houve duas atitudes: homofobia com o Lucas e falsa acusação de racismo contra Rachel. A produção se posicionou aqui. Eu nunca agredi você ou mulher nenhuma! Eu não me coloco na posição do preto ser acusado e ninguém estar aqui para falar o contrário. Exijo o mesmo respeito", disparou Black na dinâmica da discórdia, que consistia em fazer os participantes identificarem quem seriam os "manipuladores" e os "marionetes" da edição.

Na sequência, Black destacou que acusação de agressão é algo grave, ainda mais se tivesse ocorrido dentro do reality rural: "Agressão contra mulher é crime e eu não fiz isso. Se eu fizesse isso, não estaria aqui agora. Exijo a mesma coisa que fizeram com duas pessoas brancas aqui. Não aceito! Eu exijo respeito!".

Acusação de agressão

Na dinâmica de discórdia, Cezar Black foi o mais citado como "manipulador" da edição com 8 indicações de diferentes participantes: Yuri Meirelles, Kamila Simioni, Jenny Miranda, Tonzão Chagas, Lilly Nobre, Nadja Pessoa, WL Guimarães e Sander Mecca.

Entre as justificativas, o peão foi acusado de ser articulador e torturador mental, porém a situação teve um peso extra quando Jenny Miranda trouxe à tona um suposto caso de agressão na madrugada de sábado, 14, durante a discussão com Kally na festa.

Jenny até tentou pedir desculpas, porque viu que a produção de "A Fazenda 15" não tomou nenhuma atitude - nem informou porque agiu assim. Já Black, que não agrediu a peoa, rebateu: "Achei uma atitude extremamente maldosa. Jenny, você está manipulando várias pessoas com essa história de que eu te agredi. Eu não agredi você, não agredi ninguém e nunca agredi mulher nenhuma."

Cezar Black também destacou a gravidade da acusação e relacionou o assunto ao crime de feminicídio. No entanto, ele não negou ter uma postura de articulador com pessoas de estratégias semelhantes dentro do jogo.

O que é feminicídio? O que é feminicídio?

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade