PUBLICIDADE

Churrascaria de luxo e mansão de R$ 27 milhões: a vida de Daniel Alves em liberdade provisória

Recentemente, o ex-jogador almoçou na churrascaria Mr. Porter Steakhouse, em Barcelona, com o amigo Bruno Brasil

8 abr 2024 - 12h00
(atualizado às 12h02)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por estupro e pagou a fiança de um milhão de euros para sair em liberdade provisória. Desde então, ele frequentou restaurante luxuoso, recebeu amigos na casa onde está morando, sua mansão em Esplugues de Llobregat, em Barcelona.
Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por estupro
Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por estupro
Foto: Reprodução: Instagram/danialves

Daniel Alves, condenado a quatro anos e seis meses de prisão por estuprar uma mulher em uma boate, está em liberdade provisória desde o dia 25 de março, após pagar a fiança de um milhão de euros, cerca de R$ 5,39 milhões.

Ele precisou entregar os passaportes à Justiça e não deve se aproximar da vítima. Veja como tem sido a vida do ex-jogador desde então, segundo a imprensa espanhola.

Mansão de R$ 27 milhões

Desde que saiu da prisão, o ex-jogador está morando em sua mansão em Esplugues de Llobregat, Barcelona, onde vive com a esposa, a modelo Joana Sanz. Daniel comprou a casa em 2010, quando jogava pelo FC Barcelona, de acordo com o jornal espanhol La Vanguardia.

A mansão custou 5 milhões de euros, cerca de R$ 27 milhões na cotação atual, e tem um jardim com piscina, academia, garagem, terraço e espaços de lazer. A casa ajudou Daniel Alves a provar que tem raízes em Barcelona, o que foi levado em consideração na concessão da liberdade provisória.

Daniel Alves: da acusação de estupro à condenação de 4 anos e 6 meses de prisão Daniel Alves: da acusação de estupro à condenação de 4 anos e 6 meses de prisão

Festa

Horas após deixar a prisão, Daniel Alves realizou uma festa para comemorar o aniversário do pai, Domingos Alves da Silva, de acordo com jornalistas do programa "Así es la vida", do canal Telecinco. A celebração começou em um restaurante, sem a presença do ex-jogador, que mais tarde recebeu os familiares em casa.

A reunião de amigos durou "até às cinco da manhã", segundo os jornalistas.

Visita de amigos

O programa "Así es la vida" ainda contou que Daniel Alves recebeu a visita de amigos para a festa. Os jornalistas, que observavam a mansão do ex-jogador, registraram o momento em que dois amigos de Daniel saíram de um táxi perto da entrada da casa.

Eles cobriram os rostos ao perceberem a presença de jornalistas no local. "À noite [amigos] vieram a esta casa [onde ocorreu a festa], quando já não havia mais jornalistas, e comemoraram [o aniversário de Domingos Alves da Silva] também com Dani Alves", disse um repórter.

Churrascaria de luxo

Na última sexta-feira, 5, Daniel esteve em uma churrascaria de luxo em Barcelona, o Mr. Porter Steakhouse, segundo um jornalista do “El Periodico” que o encontrou no local. O ex-jogador estaria acompanhado do amigo Bruno Brasil.

O valor total do almoço foi 233 euros, cerca de R$ 1,2 mil. Daniel pediu ossobuco de cordeiro assado a fogo lento, 100 gramas de carne wagyu, pimentões picantes, alho-poró assado e polenta de milho trufada. A comida foi acompanhada de um vinho francês e a sobremesa foi sorvete tailandês de manga com raspas de limão. Para finalizar, ele tomou um café, de acordo com o jornal.

Na ocasião, o "El Periodico" afirmou que Daniel Alves concedeu uma entrevista ao veículo de comunicação na churrascaria, o que foi desmentido pelo ex-jogador através das redes sociais. "Não é verdade que concedi qualquer entrevista a qualquer meio de comunicação, nem vou conceder enquanto o processo judicial não estiver resolvido", escreveu Daniel Alves.

Crime de estupro

No Brasil, o artigo 213 do Código Penal classifica estupro como “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”. A pena é de 6 a 10 anos de prisão, podendo chegar a 12 anos se a vítima tiver entre 14 e 18 anos de idade.

Em caso de violência contra a mulher, denuncie

Violência contra a mulher é crime, com pena de prisão prevista em lei. Ao presenciar qualquer episódio de agressão contra mulheres, denuncie. Você pode fazer isso por telefone (ligando 190 ou 180).Também pode procurar uma delegacia, normal ou especializada.

Saiba mais sobre como denunciar aqui.

Veja o momento em que Daniel Alves deixa prisão após pagar fiança de 1 milhão de euros:
Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade