PUBLICIDADE

Autor de 'Percy Jackson' defende escalação de atriz de Annabeth após comentários racistas

Em seu blog, Rick Riordan disse que Leah Jeffries será uma inspiração para a próxima geração de garotas

11 mai 2022 15h50
| atualizado às 17h03
ver comentários
Publicidade
Rick Riordan, autor de 'Percy Jackson', ao lado de Leah Jeffries, Walker Scobell e Aryan Simhadri, que darão vida a Annabeth, Percy e Grover, respectivamente, na série do Disney+.
Rick Riordan, autor de 'Percy Jackson', ao lado de Leah Jeffries, Walker Scobell e Aryan Simhadri, que darão vida a Annabeth, Percy e Grover, respectivamente, na série do Disney+.
Foto: Instagram/@rickriordan / Estadão

Rick Riordan, autor da saga Percy Jackson, saiu em defesa de Leah Jeffries após a atriz sofrer reações negativas sobre sua escalação como a personagem Annabeth na série live-action que adaptará os livros para o Disney+.

O anúncio da escalação de Leah foi feito na quinta-feira, 5, junto com a notícia de que Aryan Simhadri será responsável por interpretar Grover. Nas redes sociais, alguns internautas direcionaram comentários racistas à atriz de 12 anos por ela ser uma menina negra interpretando uma personagem que, nos livros, é descrita como branca.

Em seu blog pessoal, Riordan publicou um texto em defesa da atriz e de sua escolha para o papel. Segundo ele, Leah traz energia e entusiasmo para a personagem e será uma "inspiração para a próxima geração de garotas que verão nela o tipo de heroína que querem ser".

"Nós deveríamos concordar que praticar bullying e assediar uma criança online é totalmente errado. Por mais que Leah seja forte e que tenhamos discutido a possibilidade deste tipo de reação e a pressão intensa que o papel traria, os comentários negativos que ela tem recebido estão fora de linha. Eles precisam parar. Agora", escreveu.

Riordan lembrou os leitores de que, quando a produção foi anunciada, foi dito que ela seguiria a política não discriminatória da Disney e que isso incluía estarem comprometidos com a diversidade dentro do elenco.

"Vocês estão se recusando a acreditar em mim, a pessoa que escreveu os livros e criou esses personagens, quando digo que esses atores são perfeitos para esses papéis por conta do talento que eles trazem", disse.

Em seu texto, Riordan reforçou que a mensagem por trás de Percy Jackson é de que "diferença é força" e que os ataques a Leah ferem o que a história quer passar.

"Vocês estão julgando quão apropriada ela é para o papel única e exclusivamente pela sua aparência. Ela é uma menina negra interpretando alguém que foi descrito nos livros como branca. Amigos, isso é racismo", apontou o escritor.

Além de Aryan Simhadri, Leah Jeffries atuará ao lado de Walker Scobell, do filme O Projeto Adam, que fará Percy. A série ainda não tem previsão de lançamento, mas as gravações estão previstas para começarem em junho.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Estadão
Publicidade
Publicidade