PUBLICIDADE

Ford E-Transit vende 300 unidades e prepara início das entregas

Com número atingido em menos de dois meses de mercado, marca aproveita para fomentar van elétrica como solução em termos de economia

24 abr 2024 - 15h08
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação Ford / Guia do Carro

No mercado brasileiro desde o final de fevereiro, van elétrica Ford E-Transit  já vendeu 300 unidades, que começam a ser entregues ainda em abril.

A van é líder de mercado na Europa e nos Estados Unidos, onde já vendeu mais de 30 mil unidades. 

A Ford aproveitou os números para reforçar o estímulo à eletrificação. De acordo com a marca, a conectividade integrada na E-Transit possibilita recursos que aumentam a produtividade.

Há, por exemplo, o monitoramento de dados do veículo, que são compartilhados pelo cliente, pela concessionária e a fábrica e permite antecipar ocorrências, gerar alertas de funcionamento, agilizar os serviços de manutenção e reduzir o tempo do veículo parado. 

O Ford E-Transit é disponível nas versões furgão e chassi-cabine. Ambas têm motor de 269 cv (198 kW) e torque de 429 Nm, tração traseira e bateria de lítio com capacidade de 68 kWh, que garante autonomia de 317 km (padrão WLTP). 

O carregamento é feito com conector tipo 2, em 34 minutos com corrente contínua (115 kW) ou em 8 horas com corrente alternada (11,5 kW). A van tem condução semiautônomas.

O E-Transit tem capacidade para 15,1 m³ de cargas na versão furgão e 21 m³ e 1.938 kg de carga na versão chassi. 

A van tem um custo de operação 40% menor para o frotista comparado aos veículos a combustão. Isso se deve sobretudo ao custo menor da eletricidade frente ao diesel, além de ter menos 86% de peças móveis de desgaste, além de não precisar de eixo cardã, troca de óleo, nem filtros.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade