PUBLICIDADE

Windows 11 chega com novidades para gamers

O Windows 11 foi anunciado hoje, pela Microsoft, e conta com alguns ótimos recursos para os gamers de plantão.

24 jun 2021 17h07
ver comentários
Publicidade
Foto: Microsoft

Bom, finalmente ele está aqui: o Windows 11, também conhecido pelos internautas como o próximo sistema operacional (SO) da Microsoft, foi anunciado hoje, 24 de junho, num evento especial. Na última semana, pudemos ver o vazamento de uma versão do sistema e, com isso, muitas das suas funcionalidades. Ainda que a empresa tenha derrubado links o tempo inteiro, sempre há alguém que consegue comentar suas impressões, o que gerou bastante especulação nas redes sociais e nos sites de tecnologia.

Por fim essas hipóteses puderam ser confirmadas no evento de lançamento, que detalhou as novas ferramentas, requisitos e tantas outras coisas do aguardado sistema operacional. O que mais chamou a atenção, logo de cara, foi a mudança no design, que fez com que grande parte dos aplicativos, programas e afins ficasse centralizado na tela, lembrando um pouco o SO da concorrência. E por falar em detalhes, eles foram bem resgatados na apresentação, principalmente no que diz respeito aos temas e personalização do Windows 11.

Nova interface do Windows 11
Nova interface do Windows 11
Foto: Microsoft

Antes de continuarmos para o nicho propriamente gamer da coisa, algumas informações importantes que devem ser mencionadas, como o preço do sistema operacional, requisitos, como testar se seu computador aguenta e essa miríade de informações preliminares que se mostram úteis neste primeiro momento.

Quanto custa o Windows 11?

A Microsoft adotou uma política semelhante àquela praticada com o lançamento do Windows 10. Na época, os usuários dos Windows 7 e 8 puderam adquirir o Windows 10 por meio de atualizações, sem custos adicionais. Isso, claro, considerando que o software era original e o computador tinha todos os requisitos necessários para rodar o sistema. 

Essa metodologia não mudou, portanto, quem possuir o Windows 10 poderá migrar para o novíssimo Windows 11 ao longo do tempo — claro que isso também depende das especificações do PC — com atualizações e, o melhor de tudo, de forma gratuita. Já o valor individual do sistema não foi anunciado ainda, mas num futuro não tão distante, talvez tenhamos novidades sobre o assunto.

E o que acontece com o Windows 10?

Aos que não estão muito interessados na aquisição do Windows 11, seja por comodidade ou simplesmente por falta de interesse mesmo (e tudo bem, faz parte), não se preocupem: a Microsoft assumiu o compromisso de fornecer atualizações e suporte para o Windows 10 até o dia 14 de outubro de 2025. Ficamos na torcida para a pandemia passar até lá.

Outro detalhe é que, até a Microsoft disponibilizar o software para as fabricantes de computadores, você só vai encontrar notebooks e desktops pré-fabricados com o Windows 10. Segundo a empresa, dispositivos equipados com o novo sistema operacional devem chegar ao mercado até o fim do ano, então fique atento, porque o tempo é um estalo!

Como saber se meu PC aguenta o Windows 11?

Tela de descrição do aplicativo PC Health Check, no site da Microsoft.
Tela de descrição do aplicativo PC Health Check, no site da Microsoft.
Foto: Microsoft

Ora, essa é a parte fácil, felizmente. Tudo que você precisa fazer é instalar o programa chamado PC Health Check. Ele vai passar as informações sobre seu computador ser elegível ou não para a mudança, que começa a ocorrer no fim deste ano. Cá entre nós, meu computador não está elegível, mas tudo bem, não foi a primeira nem a última vez que fui rejeitado.

Ok, e quais são as especificações necessárias?

As especificações recomendadas pela Microsoft para a instalação do Windows 11 são as seguintes:

Processador1 gigahertz (GHz) ou mais rápido com 2 ou mais núcleos em um processador de 64 bits compatível ou System on a Chip (SoC)
ArmazenamentoDispositivo com armazenamento de 64 GB ou mais
Firmware UEFI, compatível com Inicialização Segura
TPMTrusted Platform Module (TPM) versão 2.0
Placa gráficaCompatível com DirectX 12 ou posterior com driver WDDM 2.0
TelaTela de alta definição (720p) maior que 9 polegadas diagonalmente, 8 bits por canal de cor
Conexão à Internet e contas da MicrosoftA edição Windows 11 Home requer conectividade com a Internet e uma conta da Microsoft para concluir a configuração do dispositivo no primeiro uso. Para todas as edições do Windows 11, é necessário acesso à Internet para realizar atualizações, fazer download e tirar proveito de alguns recursos.
RAM4 gigabytes (GB)

Para checar as especificações necessárias para algum recurso em especial, acesse a lista completa no site oficial da Microsoft.

Windows 11 para gamers

Foto: Xbox Wire

Agora sim temos uma parte específica para os interessados na parte dos jogos. A Microsoft afirmou categoricamente que o Windows 11 será o melhor sistema operacional para games e gamers, aliando alta qualidade gráfica, desempenho superior e uma vasta gama de títulos, cortesia do serviço de assinatura mais querido do ocidente.

Auto HDR

Quem acompanha as novidades dos consoles de mesa está ciente da presença do Auto HDR nos consoles da Microsoft, mais especificamente nos Xbox Series S e X. De modo bastante resumido, o HDR, que, traduzindo a sigla, significa algo como Alto Alcance Dinâmico, busca melhorar a qualidade da imagem exibida numa tela que possua o recurso. 

Ou seja, o trabalho dele é fazer com que as cores sejam mais naturais, os contrastes mais realistas e a exibição, a melhor possível. O Windows 11 importou essa tecnologia e agora nos resta ver se ela vai fazer o mesmo sucesso que fez na nova geração de consoles. Segundo a Microsoft, serão mais de 1.000 jogos compatíveis com o Auto HDR.

DirectStorage

Outra característica tomada emprestada pelo Windows 11 dos consoles da nova geração da Microsoft é o DirectStorage, que garante um nível de performance muito superior aos jogos da plataforma. Aos que já conhecem a plataforma de mesa da gigante da tecnologia, aquela facilidade de pular entre um título e outro é fruto dessa inovação.

Para os jogadores no PC, isso passará a ser realidade também, ainda mais se o usuário tiver um SSD dedicado de alta capacidade, destinado especificamente para jogos. Tempos de renderização menores e maior velocidade na hora de carregamento são os dois pontos fundamentais desse recurso. Ah, detalhe que isso também vai ser compatível com periféricos da Microsoft, como fones, teclados, controles etc.

Xbox Game Pass

O Game Pass em si não é uma novidade no terreno dos computadores, mas é bem possível que a Microsoft faça uma belíssima de uma otimização para o Windows 11, ainda mais ao considerarmos tudo que foi dito anteriormente sobre as apostas no público consumidor de games. 

De certa forma, isso colabora para a criação de um ecossistema do Xbox, já que os usuários poderão acessar o Game Pass por meio do aplicativo do Xbox no sistema operacional, o Xbox App. Logo de cara são mais de 100 jogos disponíveis e, o melhor de tudo, você terá acesso a vários lançamentos day one, ou seja, que serão lançados simultaneamente no serviço e no mundo fora dele.

Para mais detalhes sobre os lançamentos, não deixe de conferir também a apresentação conjunta da Microsoft e da Bethesda na E3 2021. Lá, foram anunciados vários títulos interessantes que estarão presentes no serviço de assinatura, que ganha um enorme aliado na forma do Windows 11.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade