PUBLICIDADE

Por que Otacon é o maior nerd dos games?

Hal Emmerich é um dos personagens mais importantes e carismáticos da saga Metal Gear

26 mai 2022 14h01
ver comentários
Publicidade
Otacon é o maior nerd do mundo dos jogos
Otacon é o maior nerd do mundo dos jogos
Foto: Divulgação / Konami

Fruto da mente geniosa de Hideo Kojima, a saga Metal Gear é considerada uma das mais complexas e difíceis de se entender do mundo dos jogos. E é nessa narrativa cheia de reviravoltas - e pontas soltas - que vive um prodígio e nerd cientista: Hal Emmerich, conhecido como “Otacon”.

Resgatado por Solid Snake de um incidente na Shadow Moses em meados de 2005, Emmerich criou um relacionamento próximo e uma longa parceria com o icônico espião - inclusive, ele inventou o traje de camuflagem clássico de Metal Gear Solid. O cientista se tornou um dos importantes personagens da saga e ajudou Snake em pontos críticos de diversos títulos. Mas afinal, o que torna Otacon o maior nerd do mundo dos games?

Pai de Otacon, Huey Emmerich era um grande fã de ficcão científica
Pai de Otacon, Huey Emmerich era um grande fã de ficcão científica
Foto: Divulgação / Konami

Hal Emmerich parecia destinado a se tornar um verdadeiro nerd desde pequeno, e o primeiro motivo para isso está logo em seu nome de batismo. Seu pai, Huey Emmerich, era um grande fã de obras de ficção científica e o batizou com o mesmo nome do computador algorítmico heurísticamente programado HAL 9000, do clássico 2001: Uma Odisséia no Espaço, livro de Arthur C. Clarke eternizado nos cinemas pelo talento de Stanley Kubrick.

Sua infância e adolescência acabaram marcadas por eventos familiares trágicos, que obrigaram Hal a deixar a escola logo cedo - mas isso não impediu que sua inteligência logo se tornasse o seu traço mais marcante. O jovem gênio usou todas as possibilidades dadas pela internet como fonte de conhecimento e, sempre autodidata, garantiu sua formação e ingresso no MIT, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Hal Emmerich foi dublado por Christopher Randolph na saga Metal Gear
Hal Emmerich foi dublado por Christopher Randolph na saga Metal Gear
Foto: Reprodução / Konami

Mas além da inteligência, Hal Emmerich tinha uma paixão que deu origem ao seu apelido. Grande fã das animações japonesas, o cientista se apelidou como Otacon, uma referência ao termo Otaku, usado para definir as pessoas apaixonadas pela cultura japonesa, principalmente animes. Além disso, Otacon também é uma referência à convenção anual Otakon, que acontece anualmente nos Estados Unidos.

Toda sua história gira em torno de ser um fã de anime e, principalmente, uma das maiores mentes do mundo dos jogos. Essa genialidade garantiu um mestrado, doutorado, PhD e até mesmo um trabalho no FBI - de onde foi curiosamente demitido após hackear o banco de dados. 

Metal Gear REX é fruto da genialidade de Otacon
Metal Gear REX é fruto da genialidade de Otacon
Foto: Divulgação / Konami

Depois dessa demissão, Otacon foi contratado pela ArmsTech e se tornou um dos responsáveis pelo projeto Metal Gear REX, um robô que acabou inspirado nos mechas dos animes que ele tanto amava - ele acabou enganado e, sem saber, criou uma arma nuclear de destruição em massa. 

Após o incidente na ilha de Shadow Moses, em que a FOXHOUND tomou posse do Metal Gear REX, Otacon foi obrigado a continuar no desenvolvimento e chegou a desenvolver Síndrome de Estocolmo, fato que o tornou próximo de Sniper Wolf, uma das vilãs de Metal Gear Solid. Porém, após ser salvo por Solid Snake, o cientista admitiu seu erro e ajudou a dar um fim no projeto.

Seu destino reservou diversos outros acontecimentos trágicos. Mas nada tira o charme e carisma de um dos maiores nerds da história dos jogos - e não faltam motivos para acreditar nisso.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade