PUBLICIDADE

Stellar Blade quer resgatar diversão dos tempos do PS2

Confira entrevista do diretor do novo exclusivo do PlayStation 5

24 abr 2024 - 11h00
Compartilhar
Exibir comentários
Stellar Blade usa os recursos do PS5 para resgatar a diversão da era PlayStation 2
Stellar Blade usa os recursos do PS5 para resgatar a diversão da era PlayStation 2
Foto: Shift Up / Divulgação

O próximo grande lançamento do PlayStation 5 é Stellar Blade, um jogo de ação e aventura que rendeu bastante polêmica nos últimos meses, por causa da aparência de sua protagonista, EVE. Mas desde a chegada de uma demonstração jogável na PlayStation Store, as queixas sobre os trajes de EVE (ou a ausência deles!) foram saindo de foco e dando lugar à elogios para a jogabilidade, surpreendentemente divertida.

Em conversa com o diretor Kim Hyung Tae (que também é o fundador do estúdio Shift Up, responsável pelo game) comentei que ao jogar a demo de Stellar Blade, tive uma certa sensação de 'viagem no tempo': o game se parece com o que eu imaginava que seriam os jogos do futuro, na época em que jogava no PlayStation 2.

O diretor gostou da comparação e disse que essa sensação não vem por acaso. "Eu tenho muitas lembranças queridas da era PS2 e reproduzir essa experiência era parte do meu objetivo", explicou Hyung Tae. Para ele, os estúdios hoje se concentram em criar mundos super realistas e detalhados e acabam abrindo mão da diversão daquela época, por causa dos custos. 

A Shift Up optou por ir na direção oposta. "Nós focamos mais nos personagens e inimigos, o clima e ambiente, e menos nos gráficos", disse o diretor. E para alcançar o resultado desejado, Hyung Tae considera que o PlayStation 5 foi fundamental. "O PS5 nos permitiu fazer isso e entregar um game que roda em 60 quadros de animação por segundo. O controle DualSense também tem um papel importante, com seu touchpad, auto-falante embutido, todos os seus recursos são usados na jogabilidade de Stellar Blade".

Assista ao trailer de Stellar Blade:

O jogo também vai contra a corrente de muitas desenvolvedoras atuais, que buscam recriar o desafio e dificuldade de Dark Souls ou Elden Ring, sonhando com a glória alcançada pela FromSoftware. Stellar Blade não cai nessa armadilha e introduz um sistema chamado Action Assist. Seu objetivo? Ensinar o jogador a dominar os sistemas de combate do game.

"É verdade que hoje há muitos jogos difíceis, que fazem do stress o seu conteúdo", comentou o diretor de Stellar Blade, apontando que seu jogo tem momentos assim. "Mas nós não queremos que os jogadores desistam e abandonem o jogo, nós queremos incluir todo mundo. Nós projetamos um sistema de batalha que abrange todo tipo de jogador".

Segundo o diretor me explicou, o Action Assist ajuda o jogador em combate mas também faz o papel de professor, ensinando o jogador para que ele possa se virar sozinho. "Ele foi feito para ensinar e envolver o jogador nas mecânicas que projetamos", contou, orgulhoso do primeiro jogo de console de seu estúdio.

Quer ficar por dentro do mundo dos games e conferir artigos exclusivos como este em primeira mão? Assine a newsletter Extra Level do Terra Game On!

Stellar Blade chega na sexta-feira, 26 de abril, para PlayStation 5. Há uma demo do game disponível para download gratuito na PS Store.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade