PUBLICIDADE

Piranha Bytes, responsável pela franquia Gothic, fecha as portas

Estúdio alemão também trabalhou em Risen e Elex

8 jul 2024 - 13h53
Compartilhar
Exibir comentários
Gothic foi uma das séries de jogos criadas pela Piranha Bytes
Gothic foi uma das séries de jogos criadas pela Piranha Bytes
Foto: Reprodução / THQ Nordic

A desenvolvedora alemã Piranha Bytes, das séries Gothic, Risen e Elex, não existe mais. A informação foi divulgada pela página GameStar (via Eurogamer), dizendo que as operações da empresa foram encerradas em junho.

Relatos de que o estúdio estava prestes a fechar as portas começaram a surgir há alguns meses, como parte da contínua reestruturação interna do Embracer Group, e que isso só seria remediado se a Piranha Bytes obtivesse uma nova fonte de financiamento.

O estúdio supostamente esperava obter novos fundos para desenvolver um novo jogo parecido com Gothic, utilizando o motor gráfico Unreal Engine 5.

O ex-chefes da Piranha Bytes, o casal Björn Pankratz e Jennifer Pankratz, abriram recentemente uma nova desenvolvedora indie chamada Pithead Studio, que será focada no desenvolvimento de RPGs.

A existência da Pithead Studio foi confirmada nesta segunda-feira (8) nas redes sociais, com direito a um vídeo onde o casal explica o que virá a seguir. Também há a promessa de que irão contar mais sobre o que aconteceu exatamente com a Piranha Bytes em outros vídeos, os quais serão publicados todas as segundas-feiras.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade