PUBLICIDADE

Nintendo Switch limita mundo aberto de Hogwarts Legacy e traz muitos loadings

14 nov 2023 - 10h31
Compartilhar
Exibir comentários

O jogo Hogwarts Legacy chega ao Nintendo Switch nesta terça-feira (14). Um canal do YouTube já comparou graficamente com o título da Warner Bros. Games se sai na plataforma em comparação com outros consoles.

O comparativo feito pelo canal SwitchUp mostra o jogo do ponto de vista gráfico e de desempenho. O vídeo coloca, em alguns momentos, lado a lado telas da versão de Switch e para PC.

No geral, o teste aponta que a versão do jogo de aventura para o console da Nintendo traz uma resolução reduzida em vários pontos, em especial áreas mais vastas. Detalhes de cabelos, modelos de rosto e efeitos de luz ou partículas são mais prejudicados nesse sentido.

Além disso, o título no Switch tem menos NPCs em áreas mais populosas e apresenta algumas animações de movimento desses personagens em uma taxa de frames por segundo mais baixa quando eles não estão totalmente no seu campo de visão — um recurso de economia de processamento já visto em outros ports ou jogos mais pesados.

O grande problema de Hogwarts Legacy no Switch

Para SwitchUp, no entanto, a maior falha da versão de Hogwarts Legacy no console da Nintendo é que ele não é um jogo totalmente de mundo aberto. 

O título abandona o fator dinâmico de caminhadas entre diferentes cenários provavelmente por motivos de desempenho e processamento.

A tela de recarga de mapa no Switch (à esquerda) e a caminhada sem interrupções na versão do PC (direita).
A tela de recarga de mapa no Switch (à esquerda) e a caminhada sem interrupções na versão do PC (direita).
Foto:  SwitchUp  / Voxel

Como mostra o vídeo e a imagem acima, em vários momentos de "fronteiras" no jogo, como ao chegar no vilarejo de Hosmeade ou na casa de um NPC, o título no Switch tem um botão de transição para você adentrar na região e há uma tela de carregamento de alguns segundos. 

Segundo SwitchUp, a troca de um mundo aberto por uma série de áreas interconectadas prejudica a experiência básica do jogo em termos de imersão. Na versão para PC e outros consoles, isso não acontece e o trajeto é feito de forma fluida.

Ainda assim, o youtuber considera que esse é um port bastante ousado e complexo — sendo que o jogo rodar no Switch do jeito que aparenta é tido já como algo como impressionante, embora no limite do console.

Hogwarts Legacy também está disponível para PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series X|S, Xbox One e PC. O título baseado na franquia do bruxo Harry Potter chegou a ser um recordista do Steam no período de lançamento, mas perdeu rapidamente a maior parte da base de jogadores.

Voxel
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade