PUBLICIDADE

Conheça Maldosa: jogadora, influencer e mãe

Streamer comenta como equilibra a maternidade com as lives do battle royale PUBG Mobile

12 mai 2024 - 07h00
Compartilhar
Exibir comentários
Streamer e mãe: Andressa 'Maldosa' Monteiro e seu filho, Lorenzo, de 4 anos
Streamer e mãe: Andressa 'Maldosa' Monteiro e seu filho, Lorenzo, de 4 anos
Foto: Andressa Monteiro / Arquivo pessoal

Com a popularização dos games no Brasil, é cada vez mais comum encontrar mães acompanhando seus filhos, sejam eles torcedores ou jogadores profissionais, mas o oposto também acontece: filhos que acompanham suas mães jogadoras. 

É o caso de com Andreza “Maldosa” Monteiro, streamer e parceira do popular jogo de tiro para celular PUBG Mobile, que concilia as lives do battle royale e a relação com a comunidade com o seu dia a dia com o filho de 4 anos, Lorenzo, conhecido pelos fãs como o “Maldosinho”.

Referência feminina entre os jogadores e fãs do game, Maldosa conta que, antes de ser apresentada ao battle royale pelo pai de Lorenzo, não tinha interesse em jogo algum e nem sequer pensava em ter uma carreira relacionada à criação de conteúdo. 

"Eu era do competitivo e me arrisquei tentando fazer algo diferente, pois tinha pessoas que acompanhavam meus vídeos do competitivo e estou aqui até hoje, gostando muito dessa nova fase como influencer e streamer", conta Andressa. "Comecei a jogar PUBG Mobile por conta do pai do meu filho, que também fazia live de vários jogos, era uma diversão nossa, mas antes eu não tinha interesse em jogo algum".

Aos 21 anos, Maldosa atualmente é streamer pela Black Scorpion Esports, organização brasileira focada no competitivo e na criação de conteúdo sobre PUBG Mobile. Apesar de ter caído de paraquedas nesse universo, a jogadora demonstra ser muito grata ao que vem alcançando graças ao jogo. "O PUBG Mobile me proporcionou muitas coisas, tive muitas oportunidades boas e conheci muita gente incrível. Com o jogo, também consigo proporcionar as coisas para minha família e para o meu pequeno, coisa que antes eu não podia fazer", explica a influenciadora.

Você pode acompanhar as partidas e o trabalho de Maldosa em seu perfil no Instagram:

Uma grande preocupação de mães gamers é a falta de estrutura em eventos para receber crianças e ao que parece, as organizações estão atentas a isso. Andressa esteve no PMGO, torneio do game que aconteceu em abril. Ela optou por ir sem o filho e ficou surpresa com a quantidade de crianças por lá. "A estrutura do evento era muito boa, e espero ter a oportunidade de levá-lo em outras ocasiões". Maldosa também acredita que ela e seu filho sempre foram acolhidos pela comunidade, então se sente apoiada e à vontade para levar Lorenzo para outros eventos.

Maldosa deixa um recado tanto para as mães gamers quanto para as mães dos gamers: "Sejam o orgulho de seus filhos, independente do que estão fazendo, seja dentro do jogo ou fora dele, pois eles sempre serão nossa motivação e a maior inspiração para não desistirmos do que queremos ser".

Gratuito para jogar, PUBG Mobile está disponível para dispositivos Android e iOS.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade