PUBLICIDADE

Dicas para comprar PS5, Xbox Series X|S e Nintendo Switch

Pretende comprar um console novo este ano, mas não sabe como economizar na hora ir às compras? Trouxemos algumas dicas pra te ajudar!

5 jul 2022 - 11h18
Ver comentários
Foto: GameON

Já faz mais de um ano que a nova geração de consoles foi lançada aqui no Brasil. Apesar disso, muitos gamers ainda não realizaram a vontade de levar um videogame novo para casa. Um dos principais motivos para isso se dá por conta do alto preço que eles atingiram durante a pandemia, desencadeado, principalmente, pela crise de semicondutores, que afetou diversos produtos em todo o mundo. 

No entanto, esse cenário começa a melhorar agora em 2022 e, se você está pensando em comprar um console novo, seja ele um PlayStation 5, Xbox Series S | X ou Nintendo Switch, a hora pode ser agora! Mas onde comprar pelo melhor preço? Quais sites podem te ajudar nessa pesquisa? Nesse vídeo, trouxemos essas e outras dicas que, certamente, te ajudarão a economizar na hora de comprar um console novo!

Veja dicas para comprar seu próximo videogame:

Consoles e variações

Antes de falar sobre onde ficar de olho na hora de comprar o seu, é importante lembrar que os principais consoles disponíveis hoje no mercado possuem algumas variações, que podem impactar diretamente o valor final. É importante ter isso em mente para não acabar comprando um aparelho que não atende às necessidades, fazendo com que a diversão dê lugar à frustração.

PlayStation 5

PlayStation 5 possui duas versões distintas: uma com e outra sem leitor de disco (Reprodução/Internet)
PlayStation 5 possui duas versões distintas: uma com e outra sem leitor de disco (Reprodução/Internet)
Foto: GameON

Começando pelo PlayStation 5, o console da Sony possui duas versões: uma com leitor de disco e outra sem, para usuários que não fazem questão de ter mídia física em mãos. O PS5 traz um design robusto e é capaz de rodar jogos em 4K a até 120 FPS com suporte ao HDR. Além disso, a Sony também acertou em cheio no quesito controle DualSense,  que agora possui adaptadores hápticos que aumentam o nível de imersão nos jogos.

Apesar dos preços sugeridos pela Sony serem de R$ 3.900 para a Edição Digital e R$ 4.400 para a versão com leitor, a realidade encontrada é bem diferente. No caso da versão sem leitor, o preço médio atual está em R$ 5.800, quase R$ 2 mil a mais. Já a versão com leitor pode ser encontrada na faixa dos R$ 4.5 mil.

Xbox Series S e X

Xbox Series S e X possuem configurações semelhantes ao PS5, sendo capaz de rodar os jogos mais recentes (Reprodução/Internet)
Xbox Series S e X possuem configurações semelhantes ao PS5, sendo capaz de rodar os jogos mais recentes (Reprodução/Internet)
Foto: GameON

Do lado verde da força, nós temos o Xbox Series X e Series S. No caso do Series X, ele possui configurações semelhantes ao PS5, sendo capaz de rodar os jogos mais recentes em desempenho de altíssimo nível, além de possuir um leitor de discos. Com 1 TB de armazenamento, ele é vendido por algo em torno de R$ 5 mil nas principais lojas. O grande problema desta versão é que ela ainda enfrenta problemas de estoque e nem sempre é possível encontrá-la com preços atrativos.

Já o Xbox Series S é a versão menos robusta da Microsoft para a nova geração. Um dos seus principais diferenciais é o preço, que fica em torno dos R$ 2.200. Sem leitor de disco e com um hardware mais simples, o Series S promete rodar todos os jogos da nova geração de forma otimizada. No entanto, apesar de ter capacidade para desempenhar taxas de 120 FPS, o console não roda 4K.

Nintendo Switch

Nintendo Switch segue registrando bons números de venda mesmo já tendo sido lançado há 5 anos (Reprodução/Internet)
Nintendo Switch segue registrando bons números de venda mesmo já tendo sido lançado há 5 anos (Reprodução/Internet)
Foto: GameON

Por fim, temos ele: o queridinho Switch da Nintendo! É verdade que ele não está tão novinho assim, mas mesmo tendo sido lançado em 2017, segue sendo um dos consoles mais vendidos ano após ano. Com o vasto catálogo de exclusivos da Nintendo, o Switch possui armazenamento de 32 GB e é um console considerado mais família.

Além do modelo padrão, é possível encontrar ainda o Nintendo Switch OLED. Com níveis de desempenho similares aos do Switch padrão, esta edição é um pouco maior e conta com a tecnologia OLED na tela. Além de uma qualidade de tela maior, recursos extras no dock e porta para cabo de rede, a versão OLED ainda possui um armazenamento maior que o padrão, com 64 GB.

Outra versão do Switch disponível no país é o Nintendo Switch Lite. Ele possui o mesmo desempenho quando portátil que os seus irmãos mais potentes. A diferença é que ele funciona apenas desta forma, não sendo possível utilizá-lo em um dock. Em relação a preços, o Switch normal pode ser encontrado na faixa dos R$ 2.200, enquanto a versão OLED sai por cerca de R$ 3 mil. A versão Lite, por sua vez, é vendida por algo em torno de R$ 1.5 mil.

Onde pesquisar

Google Shopping permite consultar preços e compará-los entre lojas diferentes (Reprodução/Internet)
Google Shopping permite consultar preços e compará-los entre lojas diferentes (Reprodução/Internet)
Foto: GameON

É óbvio que na hora de comprar, todo mundo vai em busca do melhor preço, não é verdade? Quando falamos de consoles, a premissa se mantém. Pensando em pessoas que adoram pechinchar, alguns sites e apps foram criados especialmente para este intuito. Um deles é do próprio gigante de Buscas, o Google. Através do Google Shopping, é possível consultar preços de determinados produtos, compará-los entre lojas diferentes e filtrar por preço, configurações e recursos, além de permitir que sejam listados apenas itens em promoção! Bacana, né?

Outro site muito conhecido quando falamos em monitoramento de preços é o Buscapé. Lá, você consegue ter uma melhor ideia do preço médio do produto que está buscando, além de procurar por promoções e ligar um alerta para quando o preço atingir o valor desejado. Além de servir como um bom comparador de preço e um buscador de promoções, é possível utilizar o Buscapé como um intermediador de compras, já que o usuário pode adquirir produtos de diversas varejistas por meio do site.

Além de servir como um bom comparador de preço e um buscador de promoções, é possível utilizar o Buscapé como um intermediador de compras (Reprodução/Internet)
Além de servir como um bom comparador de preço e um buscador de promoções, é possível utilizar o Buscapé como um intermediador de compras (Reprodução/Internet)
Foto: GameON

O Pelando e o Promobit são outros dois apps bem legais para quem gosta de acompanhar promoções e cupons de desconto na internet. O principal diferencial deles é que são os próprios usuários que cadastram essas ofertas nas plataformas. Além disso, eles possuem campos de comentários, onde as pessoas podem tirar dúvidas e opinar sobre as promoções disponíveis.

Outro site interessante é o Zoom. Ele nada mais é do que um comparador de preços que permite ao usuário buscar pelos produtos com maiores descontos e menores preços. Além disso, é possível conferir o valor histórico médio de cada produto nos últimos seis meses, para avaliar se os descontos realmente compensam e também criar alertas de preços para qualquer produto de sua preferência. Os melhores descontos levam a etiqueta de “pechincha” pelo comparador e ficam expostos na home do site.

Promobit e Pelando formam incríveis comunidades de “pechinchadores” (Reprodução/Internet)
Promobit e Pelando formam incríveis comunidades de “pechinchadores” (Reprodução/Internet)
Foto: GameON

Por fim, nós temos o Bondfaro. O site apresenta os produtos mais buscados pelos usuários na plataforma e as melhores ofertas em diversas categorias, principalmente eletrônicos e vestuário. Por lá, é possível pesquisar preços de produtos nas mais variadas lojas e também monitorar o valor ao longo dos últimos meses.

Importar vale a pena?

É preciso estar atento na hora de importar, sobretudo por conta da taxa de importação aplicada pelo governo brasileiro (Reprodução/Internet)
É preciso estar atento na hora de importar, sobretudo por conta da taxa de importação aplicada pelo governo brasileiro (Reprodução/Internet)
Foto: GameON

A importação caiu no gosto do brasileiro e isso não há como negar. Mas, será que vale a pena nesse caso também? Fazendo uma breve consulta no AliExpress, é possível perceber que nos casos do PS5 e dos Xbox, a resposta com certeza é não! Lá, os aparelhos da Sony e Microsoft possuem preços semelhantes ou até mais caros que os praticados por aqui.

No caso do Nintendo Switch, no entanto, isso muda um pouco. Enquanto a versão normal e a OLED podem ser obtidas com um desconto de quase R$ 800, a Lite oferece uma economia de cerca de R$ 400. No entanto, é preciso lembrar que compras internacionais estão sujeitas à taxação, que podem chegar a até 60% do valor declarado, o que irá diminuir consideravelmente essa possível economia.

E essas foram algumas dicas para você que está pensando em comprar um console novo ainda este ano, mas não quer deixar de economizar. Lembre-se também de utilizar lojas conhecidas e de confiança, além de desconfiar de preços muito abaixo do que o praticado no mercado, tá? Aproveita e conta pra gente qual você pretende levar pra casa no campo de comentários, combinado? Até a próxima!

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade