PUBLICIDADE

Casa Gucci: Cena de sexo improvisada e as polêmicas do filme

O filme, dirigido por Ridley Scott, é uma das estreias mais aguardadas do ano.

25 nov 2021 10h00
| atualizado em 29/11/2021 às 19h33
ver comentários
Publicidade

Casa Gucci é um dos filmes mais aguardados do final de 2021, já que há muita expectativa envolvendo a atuação de Lady Gaga. Depois de levar o Oscar por Nasce Uma Estrela, a cantora mostra todo seu talento ao interpretar Patrizia Reggiani, ex-mulher de Maurizio Gucci e responsável por encomendar o assassinato do amado.

Foto:

Ao lado de Adam Driver, que dá vida ao herdeiro da marca, Gaga brilha em figurinos exagerados, sotaques bem caprichados e entrega uma atuação hipnotizante sob a direção de Ridley Scott. Com o filme chegando aos cinemas, nada mais justo do que contar algumas curiosidades e polêmicas envolvendo a produção.

A primeira delas foi a revolta de Patrizia Reggiani, que ficou chateada com o fato de Lady Gaga não ter ido encontrá-la para o laboratório do papel. Em entrevista à Agenzia Nacional Estampa, ela abriu o coração.

"“Estou bastante incomodada com o fato de Lady Gaga estar me interpretando no novo filme de Ridley Scott sem ter tido a consideração e a sensibilidade para vir me encontrar", confessou.

Além disso, outro fator importante é que Patrizia, que está em liberdade desde 2016, após ter sido presa pelo assassinato do ex-marido, não lucrará nada com o filme. Segundo ela, ela não ganhou e nem ganhará nada com a produção.

Logo no início do filme, existe uma cena bem 'caliente' de sexo entre Adam Driver e Gaga. Em entrevista à EW, o ator contou que o momento foi improvisado. Os dois já estavam rodando o filme há 1 mês e combinaram o que queriam do momento e deixaram rolar, sem se prender ao roteiro em si.

Focada em seu trabalho, Gaga revelou à Vogue inglesa que viveu sua personagem durante 1 ano e meio. Além de mergulhar em Patrizia, ela também revelou que durante nove meses falou com o sotaque que vemos no filme.

Mais um fato bem interessante é sobre a caracterização impressionante de Jared Leto, que interpreta o primo de Maurizio, Paolo Gucci. Segundo uma entrevista do ator, a produção de seu personagem demorava cerca de 6 horas para ficar pronta, entre maquiagens e próteses. 

A icônica frase 'Em nome do Pai, do Filho e Casa Gucci", foi totalmente improvisada também. Gaga revelou à Variety que fazia isso o tempo todo e o diretor Ridley Scott não deixou esse detalhe espontâneo passar, tanto que se tornou um dos momentos mais famosos do filme.

Vic View
Publicidade
Publicidade