PUBLICIDADE

Assinou o Game Pass no PC? Confira 10 jogos imperdíveis

Uma seleção dos melhores games para computador disponíveis no serviço da Microsoft

22 dez 2021 08h26
ver comentários
Publicidade
Humankind é um dos destaques do Xbox Game Pass para PC
Humankind é um dos destaques do Xbox Game Pass para PC
Foto: Divulgação / Sega

Se o Xbox Game Pass se tornou um diferencial na hora de escolher um novo console, os donos de PC também têm motivos de sobra para comemorar. Assim como nos consoles Xbox, a Microsoft sempre adiciona novos jogos para computador ao catálogo de seu serviço de assinatura, que conta com alguns games interessantes para quem prefere os mouses e teclados.

Se você quer aproveitar o fim de ano para longas jogatinas, confira a lista que o Game On separou com 10 jogos imperdíveis disponíveis para PC.

Humankind

Considerado um Civilization moderno, Humankind não tenta reinventar um gênero já bem estabelecido, mas consegue implementar novas mecânicas para torná-lo ainda mais divertido. Além de adotar um ritmo mais rápido do que o seu principal concorrente - o que não evita as longas partidas -, o jogo apresenta elementos interessantes, como as decisões morais e filosóficas que o jogador precisa tomar durante as campanhas sobre temas ligados à economia, religião e ecologia.

Age of Empires IV

O jogo marca o retorno de uma das mais amadas franquias do gênero estratégia. Desenvolvido pela Relic, estúdio veterano quando o assunto é RTS, Age of Empires IV traz tudo o que os fãs mais exigentes do game esperam: diversas civilizações, uma longa campanha solo e várias modalidades de partidas multijogador. 

Crusader Kings III

Um jogo de estratégia que consegue cativar o jogador por horas ao incorporar perfeitamente elementos de RPG, que garantem liberdade em um gênero muitas vezes engessado. Seja o jogador fã de história ou apenas um apreciador de boas tramas, Crusader Kings III consegue oferecer um ramo de possibilidades quase infinito, algo que nenhum concorrente faz tão bem.

Pillars of Eternity

Desenvolvido pela Obsidian, Pillars of Eternity é uma sincera homenagem à era de ouro dos RPGs de PC. Embora o jogo seja uma experiência voltada para os verdadeiros amantes do estilo e apresente alguns problemas técnicos, algo que não deixa de ser comum em jogos tão extensos, o game é um dos melhores do gênero graças ao seu enredo primoroso - que exigirá horas e horas de leitura -, um universo rico, com personagens carismáticos e bem desenvolvidos, e batalhas desafiadoras. 

Solasta: Crown of the Magister

Ao longo dos anos, os RPGs de mesa serviram de inspiração para diversos jogos eletrônicos. Solasta: Crown of the Magister é um desses jogos que buscam retratar fielmente as aventuras narrativas. As implementações de diversas mecânicas de Dungeons & Dragons o tornam um dos melhores representantes do estilo e, mesmo que a dificuldade inicial assuste os iniciantes, o jogo assume um belo papel de concorrente para Baldur’s Gate e Divinity: Original Sin.

Europa Universalis IV

Enquanto alguns jogos de estratégia podem assustar os novatos, Europa Universalis IV tenta fazer o contrário. Desenvolvido pela Paradox, o jogo, que gira em torno da criação de rotas de comércio e domínio de territórios, tenta ser mais atrativo para iniciantes, ao mesmo tempo em que garante a presença de funcionalidades que motivam também os veteranos. Os objetivos em Europa Universalis IV não são muito claros, e o jogo funciona bem para aqueles que querem “criar sua própria história” dentro da história da civilização.

Warhammer 40,000: Battlesector

Mais recente lançamento da prolixa franquia Warhammer 40K, Battlesector proporciona um combate tático frenético no universo sombrio e opressivo do 41º milênio. No comando dos Blood Angels, o jogador experimentará 20 missões quase suicidas contra a infestação Tyranid em Baal Secundus. Além disso, há diversos modos multijogador que encenam brutalmente a luta entre as duas facções.

BattleTech

O ano é 3025 e a galáxia está presa em um ciclo eterno de guerras travadas entre casas nobres com enormes veículos de combate chamados BattleMechs. Essa é a premissa do jogo que foi sucesso no Kickstarter e traz uma história de vingança e a busca pelo merecido trono - um enredo interessante e dinâmico, que foge dos clichês para conquistar o jogador. O estilo de combate em turnos somados às diversas possibilidades de gerenciamento tornam a experiência em BattleTech única e muito bem-vinda para os fãs de PC.

Starbound

Com fortes inspirações em Terraria, Starbound é um jogo de sobrevivência onde o jogador saí em busca do inesperado e cria sua própria história - de fato, não há uma maneira errada de se jogar. É possível salvar o universo das forças do mal, descobrindo os maiores mistérios galácticos durante a jornada, ou apenas renunciar a uma jornada heróica a favor da colonização de planetas desconhecidos.

Tainted Grail: Conquest

Um roguelike que mistura os conceitos de RPG com cardgames para entregar uma experiência divertida e saudosista. O modo campanha é interessante e desafiador, além de contar com uma narrativa que é um dos pontos fortes de Tainted Grail: Conquest. Já as cartas ditam o ritmo dos combates e exigem planejamento para evitar mortes que podem se tornar recorrentes - afinal, estamos falando de um roguelike em sua essência.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade