PUBLICIDADE

The Texas Chain Saw Massacre não desperta nostalgia dos fãs do filme

Jogo segue a receita de Dead by Daylight, mas produção genérica não se esforça para conquistar nem os fãs do filme

30 ago 2023 - 09h55
(atualizado às 09h57)
Compartilhar
Exibir comentários
The Texas Chain Saw Massacre falha em trazer ambientação bizarra do filme
The Texas Chain Saw Massacre falha em trazer ambientação bizarra do filme
Foto: Sumo Digital / Divulgação

The Texas Chain Saw Massacre foi lançado em agosto com a missão de adaptar o universo do cultuado filme de terror O Massacre da Serra-Elétrica para um jogo multiplayer assimétrico - como Dead by Daylight, Friday the 13th e outros games baseados no cinema de horror slasher.

O game desenvolvido pela Sumo Digital não acrescenta nada de novo à fórmula e falha até mesmo em mexer com a nostalgia dos fãs do filme. O jogo se passa em uma época similar a do primeiro filme, mas não vamos lidar com os personagens clássicos. Na verdade, de conhecido mesmo, apenas o Leatherface, o maníaco com a serra elétrica, uma vez que esse não poderia faltar de forma alguma.

Jogabilidade genérica

The Texas Chain Saw Massacre possui mecânicas de jogo ao estilo consagrado por Dead by Daylight. Ou seja, as partidas envolvem dois times, um de sobreviventes e um de assassinos. Ao contrário do jogo da 505 Games, aqui, os assassinos são a família de canibais de Leatherface, onde cada um possui uma habilidade específica, mas que pouco diferencia os inimigos, a não ser que você seja o grandão com a serra elétrica.

Aliás, o único sopro de originalidade está em jogar com a família. Isso porque um dos seus objetivos, além de eliminar os sobreviventes, é coletar sangue para alimentar o personagem do avô. Quando alimentado, ele desenvolve poderes que facilitam localizar os sobreviventes.

Jogo falha em mexer com a nostalgia

The Texas Chain Saw Massacre não inova em nada
The Texas Chain Saw Massacre não inova em nada
Foto: Showmetech

Como grande fã do filme que inspira o jogo, me vejo obrigado a comentar o contexto em que o primeiro longa de Massacre da Sérra Elétrica foi lançado. Em uma época que o gênero de slasher não havia se popularizado, o diretor Tobe Hooper trouxe uma experiência visceral, que beirava á realidade, tamanha era a qualidade de ambientação que o filme possuía.

Ao jogar The Texas Chain Saw Massacre, não há nenhum resquício dessa ambientação. Não me entendam mal, é um jogo bem realizado no sentido de não possuir nenhum bug e ter uma gameplay extremamente funcional, com trilha sonora condizente e todo o resto. Contudo, você vai jogar uma coisa já vista diversas vezes antes e sem alma, algo que o longa original possuía, e com sobras.

Desde o anúncio de um jogo de O Massacre da Serra Elétrica nos moldes de Dead by Daylight, me questionei sobre a originalidade que o título traria. Isso porque não estamos falando sobre um filme como Evil Dead, que recebeu um jogo no mesmo estilo. No caso do segundo, a mitologia do universo por si só traz detalhes de originalidade que, hoje, em 2023, o Massacre da Serra Elétrica não possui mais.

The Texas Chain Saw Massacre - Nota 5
The Texas Chain Saw Massacre - Nota 5
Foto: Game On / Divulgação

No fim das contas, The Texas Chain Saw Massacre poderia ter sido uma DLC mais elaborada de Dead by Daylight (coisa que já aconteceu, em uma distante temporada do game), sendo que pouco se diferencia do jogo que o inspirou.

The Texas Chain Saw Massacre está disponível para PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X/S. O jogo está incluso no catálogo do Game Pass.

A análise do jogo foi realizada em um PlayStation 5 com uma cópia gentimente cedida pela Sumo Games

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade