PUBLICIDADE

5 coisas que o final de Attack on Titan precisa responder

Arco final do popular anime pós apocalíptico estreia em 2023, com muitas pontas soltas para ligar

21 abr 2022 - 11h15
Ver comentários
Foto: Divulgação

Criado no mangá em 2009 por Hajime Isayama e posteriormente ganhando uma adaptação em anime em 2013, Attack on Titan é uma das obras mais populares da atualidade, com uma história ambientada em um mundo pós-apocalíptico, onde a humanidade vive dentro de três cidades protegidas por enormes muralhas contra os ataques dos Titãs, seres gigantescos que devoram humanos.

No mangá, a obra de Isayama chegou ao fim no mês de abril de 2021 com o capítulo 139, um final que dividiu opiniões e causou polêmicas entre os fãs. Já o anime encerrou recentemente a segunda parte da quarta e final temporada, com a produção de 87 episódios ao todo.

Mas não se preocupe que a série animada ainda não acabou, já que o estúdio Mappa, responsável pela animação, confirmou que uma terceira parte da temporada final será lançada em algum momento em 2023, adaptando os últimos capítulos do mangá de Hajime Isayama.

Apesar de muitas perguntas já terem sido respondidas a respeito da série, ainda há algumas questões que precisam de uma resposta definitiva, e que Game On separou na lista abaixo, confira!

O Relacionamento de Eren e Mikasa

Eren e Mikasa tem um relacionamento complicado
Eren e Mikasa tem um relacionamento complicado
Foto: Divulgação

O relacionamento de Eren e Mikasa passou por vários altos e baixos, sendo que a quarta temporada trouxe um grande distanciamento entre eles. No entanto, sempre ficou claro os sentimentos de Mikasa por Eren (apesar dela revelar no episódio 87 que não foi totalmente honesta sobre o relacionamento deles, quando ele pergunta o que ela sente por ele) e com Eren se afastando cada vez mais dela. A terceira parte da temporada final vai oferecer uma última chance para esses dois confessarem seus verdadeiros sentimentos um pelo outro - ou será que não?

Genocídio mundial

Eren comanda uma legião de Titãs Colossais para destruir o mundo
Eren comanda uma legião de Titãs Colossais para destruir o mundo
Foto: Divulgação

Eren Yaeger, que era o protagonista e herói do anime, acabou se tornando uma pessoa totalmente diferente no decorrer da série, capaz de fazer inúmeras coisas terríveis e imperdoáveis, com muitos o vendo como um grande vilão. Entre os seus atos hediondos, Eren conseguiu a posse do poderoso Titã Fundador, despertando todos os gigantescos Titãs Colossais que estavam presos nas Muralhas da Ilha Paradis e comandando todos eles para um genocídio mundial, em um evento conhecido como Estrondo, sendo essas as últimas cenas do episódio 87. Eren vai conseguir destruir o mundo ou algo vai acontecer para impedir que isso aconteça?

Marley x Eldia

Ymir encontra um misterioso ser que lhe concede o poder dos Titãs
Ymir encontra um misterioso ser que lhe concede o poder dos Titãs
Foto: Divulgação

As nações de Marley e Eldia tem uma rixa de mais de dois mil anos antes dos acontecimentos do anime, que começou quando uma escrava eldiana chamada Ymir ganhou o poder dos Titãs quando estava à beira da morte. Foi por meio dela que surgiram os Nove Titãs, os Titãs Originais, descendentes de Ymir e os responsáveis por construir o Império de Eldia, acabando implacavelmente com as outras nações como Marley. Com o passar dos anos, Marley acaba virando o jogo e conquista o poder dos Titãs, minando cada vez mais o controle de Eldia, que no final acabou se isolando na Ilha de Paradis.

O rei de Paradis levou o máximo de eldianos que ele pode e usou o poder do Titã Fundador para guiar um enorme número de Titãs Colossais que foram usados para construir as três gigantescas muralhas no que restava do território eldiano. Para colocar um fim na guerra, o rei afirmou que se outras nações tentassem invadir o território, ele soltaria os milhares de Titãs Colossais presos dentro das muralhas. Para reinar em paz, o rei ainda usou o Titã Fundador para apagar as memórias dos eldianos de dentro das muralhas, para que eles não se lembrassem do mundo exterior.

E é por isso que os marleyanos odeiam os eldianos, ansiando pela extinção total do povo da ilha, assim como alguns eldianos apoiam o plano de Eren de erradicar tudo que existe fora de Paradis. Será que existe algum meio de conseguir a paz em um conflito de dois mil anos, ou tudo será destruído?

Quem é o pai do filho de Historia

Historia assumindo sua linhagem real e o trono de Paradis
Historia assumindo sua linhagem real e o trono de Paradis
Foto: Divulgação

Historia Reiss é a atual rainha de Paradis e, junto com Zeke Yaeger, última membro restante da família real Reiss, a única que pode usar os poderes do Titã Fundador. No entanto, grande parte da sua vida ela viveu como Christa Lenz, uma jovem que não lembra do seu passado e que entrou no serviço militar e se juntou à Divisão de Reconhecimento ao lado de Eren, Mikasa, Sasha e outros.

Eventualmente ela finalmente recupera seus verdadeiro nome, tornando-se uma importante peça para chegar ao trono após o sucesso da revolução contra o governo. Já mais para o final, os governantes de Paradis decidem que Historia herde o Titã Bestial de Zeke Yeager para garantir a segurança da ilha por meio de seus filhos, algo que ela concorda em fazer. No entanto, meses depois Eren revela a ela que pretende usar os poderes do Titã Fundador (algo que ele consegue ao tocar um Titã de sangue real, ou no caso o seu meio irmão Zeke) para destruir o mundo exterior.

Historia rejeita o plano de genocídio de Eren, que se oferece para apagar suas memórias usando o poder do Titã Fundador. Vários meses depois, Historia aparece grávida em uma residência não revelada, como uma maneira de impedir que o governo a transformasse em Titã, um destino que Eren nunca quis para a jovem. Será ele o pai do filho que Historia carrega?

Confronto final entre Zeke e Levi

Zeke e Levi, uma treta mal resolvida
Zeke e Levi, uma treta mal resolvida
Foto: Divulgação

O capitão Levi Ackerman, conhecido como o soldado mais forte da Divisão de Reconhecimento, travou várias batalhas épicas durante o anime, especialmente contra a Titã Fêmea de Annie Leonhart e o Titã Bestial de Zeke Yeager.

Levi fez uma promessa ao seu Comandante Erwin Smith, homem que chegou a confiar e respeitar muito, e que ofereceu a si mesmo e seus homens em sacrifício para que Levi tivesse uma chance de derrotar o Titã Bestial.

Levi jurou ao comandante que mataria o Titã Bestial, um juramento que não conseguiu cumprir na época, e depois de quase morrer em uma explosão e agora bastante debilitado, ele ainda está determinado a cumprir a sua promessa - mas será que ele tem forças para dar um golpe mortal no meio-irmão de Eren?

Essas são algumas dúvidas que os capítulos finais de Attack on Titan devem responder. Compartilhe nas sugestões outras pontas abertas que ainda precisam ser resolvidas.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade