PUBLICIDADE

Vôlei

Viúvo de Walewska fala sobre carta de despedida e que cunhado o culpa pela morte da jogadora

Segundo o boletim de ocorrência, Walewska Oliveira deixou uma carta no apartamento ao cair do 17º andar

27 set 2023 - 22h28
Compartilhar
Exibir comentários
Walewska Oliveira e o marido Ricardo Mendes
Walewska Oliveira e o marido Ricardo Mendes
Foto: Reprodução/Instagram

Ricardo Mendes, viúvo de Walewska Oliveira, falou sobre as desavenças com o irmão da jogadora, Weslley. Segundo Ricardo, ele o consideraria como culpado pela morte de Walewska. Além disso, Mendes comentou não ter tido acesso à carta deixada pela mulher antes de morrer. As declarações foram feitas para a colunista Fábia Oliveira.

Sobre os problemas com a família de Walewska, ele diz que estão restritos ao irmão dela. "Eu amo meus sogros, sempre tivemos um excelente relacionamento. Creio que meu cunhado sim [me culpa]. Mas entendo a dor dele. O ser humano tem que achar sempre um culpado para tudo", afirmou.

Mendes disse ter ficado dois dias trancado em um apartamento após a morte da jogadora. Ele ainda afirmou que iria para o enterro, mas foi aconselhado pelos sogros para não ir, em uma tentativa de evitar conflitos com Weslley.

Ricardo Mendes também falou sobre as suspeitas de que a mulher tenha tirado a própria vida. “Jamais pensaria que ela seria capaz disso." “Nenhum motivo do mundo justifica alguém tirar a própria vida. Deixou eu, pai, mãe, irmão, amigos, cunhada, sobrinhos, fãs… Meu Deus”, continuou.

Saiba quem foi Walewska, campeã olímpica de vôlei que morreu aos 43 anos Saiba quem foi Walewska, campeã olímpica de vôlei que morreu aos 43 anos

Relembre o caso

A campeã olímpica de vôlei, Walewska Moreira de Oliveira, foi sepultada na manhã do último sábado, 23, em Belo Horizonte (MG). Ela caiu do 17º andar do Condomínio Ciragan Home, no bairro da Bela Vista, capital paulista, no dia 21 deste mês.

A cerimônia de despedida foi paga pelo único irmão da atleta, o piloto de avião Wesley Oliveira. Em entrevista exclusiva ao UOL, ele afirmou que o cunhado, Ricardo Alexandre Mendes, não fez contribuições.

Importante:

Se você se sente mal e precisa de ajuda, entre em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que promove apoio emocional e prevenção ao suicídio. O telefone do CVV é 188. Caso presencie um caso de emergência médica, entre em contato com o Corpo de Bombeiros (193) ou com o Samu (192).

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade