PUBLICIDADE

Vôlei

Líder da Liga das Nações, Brasil assume topo do ranking mundial

15 jun 2024 - 12h18
(atualizado às 13h58)
Compartilhar
Exibir comentários

O Brasil não entrou em quadra neste sábado (15) pela Liga das Nações de vôlei feminino (VNL), porém, finalizará o dia com mais uma vitória. Não entendeu? Então vamos explicar! Invictas em quadra, a capitã Gabi e suas companheiras lideram a VNL com 31 pontos, conquistados em 11 vitórias. Além disso, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães agora também estão no topo do ranking mundial da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) por causa da vitória da China diante da Turquia, por 3 sets a 2.

Gabi Brasil Líder Ranking Mundial FIVB
Gabi Brasil Líder Ranking Mundial FIVB
Foto: Gabi Brasil Líder Ranking Mundial FIVB ( FIVB/Divulgação) / Olimpíada Todo Dia

Antes do jogo contra as chinesas, as turcas estavam na primeira colocação do ranking mundial com 392,17 pontos. O Brasil aparecia na vice-liderança, com 389,83. As posições se inverteram porque a Turquia perdeu 8,24 com o revés para as campeãs olímpicas na edição Rio-2016. As três seleções disputam a terceira semana da Liga das Nações em Hong Kong, na China. O selecionado brasileiro faz duelo direto com a Turquia pelo topo do ranking neste domingo (16), às 6h (horário de Brasília).

Confronto direto entre Brasil e Turquia

As seleções chegam para o jogo deste domingo com o Brasil no topo, com 389,83, e a Turquia em segundo, com 383,93. A FIVB definiu a pontuação para os resultados do confronto entre as nações, desta forma, Zé Roberto e suas atletas permanecerão na liderança do ranking mundial em caso de vitória diante das turcas. As europeias, comandadas pelo técnico italiano Daniele Santarelli, reassumem a primeira colocação se derrotarem as brasileiras.

Uma das grandes rivalidades do vôlei feminino mundial dos últimos anos, Brasil e Turquia chegam embalados para o duelo que encerra a primeira fase da VNL. O Brasil está invicto na competição, com 11 vitórias em 11 jogos, enquanto a Turquia vem de sete triunfos consecutivos. Depois de perder dois dos três primeiros jogos, a equipe europeia cresceu e não tropeçou mais.

Além disso, a Turquia é a atual campeã da Liga das Nações, e é liderada por Karakurt. A equipe já está classificada para a fase final da atual edição, que acontecerá em Bangkok, na Tailândia, a partir de 20 de junho. Por outro lado, o Brasil, que busca seu primeiro título da competição após três vices, é o líder da classificação geral e quer a se manter no topo para chegar bem na próxima fase.

Gabi quer Brasil agressivo contra Turquia

O confronto entre Brasil e Turquia é, certamente, um dos mais esperados da atual edição da Liga das Nações. A seleção turca é a sensação do momento do vôlei feminino, com várias conquistas recentes. E a capitã Gabi conhece bem as jogadoras do oponente, já que atuava no VakifBank, da Turquia, até a temporada passada. De acordo com a ponteira, o selecionado dirigido por Zé Roberto precisar jogar com agressividade para superar o rival.

"Expectativa grande para a partida diante da Turquia. Sabemos que será um jogo dificílimo e o mais importante será mantermos nossa agressividade. Estamos cientes do quão importante será o nosso saque desde o início. A Turquia que vem se destacando, principalmente no saque e no ataque, e apresenta também grande qualidade em bloqueio e defesa. Porém, o mais relevante é pensarmos na nossa equipe, na nossa evolução", disse Gabi.

"Queremos muito conquistar essa vitória, então vamos ter que manter agressividade desde o começo, sacar muito bem, acertar nosso bloqueio e defesa e jogar com muita inteligência no nosso ataque, cometendo poucos erros", concluiu a capitã da seleção brasileira. Na etapa de Hong Kong, na China, o Brasil venceu Polônia, Alemanha e Bulgária. A Liga das Nações é o último torneio oficial antes dos Jogos Olímpicos Paris-2024.

Olimpíada Todo Dia
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade