0

Giba acusa ex-mulher de agredir a filha

Campeão olímpico afirmou que tem vídeo de vídeo de Nicoll apanhando

8 jan 2021
09h05
atualizado em 14/1/2021 às 15h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O campeão olímpico Giba, que teve a prisão domiciliar decretada no fim do ano por dívida de pensão alimentícia aos filhos, decisão ainda não efetuada, acusou a ex-mulher Cristina Pirv de agredir Nicoll, filha mais velha deles, e de proibir que a adolescente venha morar no Brasil com ele em entrevista ao canal de Antonia Fontenelle no Youtube.

Giba acusou a ex-mulher de trancar a filha em casa
Giba acusou a ex-mulher de trancar a filha em casa
Foto: Reprodução / Instagram / Estadão Conteúdo

"A gente [Giba e Nicoll] tem essa afinidade e toda vez que acontece alguma coisa, como o vídeo que eu te mostrei dela apanhando, ela chorando... você falou no telefone com ela, você viu o desespero dela. Ela já expressou a vontade de vir morar comigo e a mãe não deixa, então ela [Pirv] acaba descontando [na filha]", afirmou o ex-jogador.

Em sua conta no Instagram, Giba divulgou o vídeo do papo e afirmou que "a verdade tem dois lados". "Fiquei durante 8 anos quieto mas cansei", declarou.

Durante a entrevista, Fontenelle, que é amiga de Giba, disse que Pirv não entregou o presente de Natal que Giba mandou para a filha de 16 anos. O campeão olímpico confirmou e declarou que "mãe sai de casa e tranca a filha dentro de casa".

Segundo Giba, o imbróglio judicial fez com que ele perdesse oportunidades profissionais: "Perdi uma campanha de três anos que eu tinha com a empresa. E a rescisão do contrato foi integral para ela. Agora, duas campanhas da Procter & Gamble caíram. Como eu vou ganhar dinheiro para sustentar meus filhos?".

Atualmente, Giba dá palestras e recebe um valor mensal pelo cargo de embaixador da FIVB. 

Veja também:

Victor parou: relembre jogadores com muitas partidas pela mesma equipe que se aposentaram na última década
Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade