PUBLICIDADE
Logo do

Vila Nova

Meu time

Em jogo retomado neste sábado, Brasil de Pelotas e Vila Nova ficam no empate pela Série B

Equipes voltaram a campo às 15h (de Brasília), após falta de energia no estádio na noite de sexta-feira

16 out 2021 16h03
| atualizado às 16h03
ver comentários
Publicidade

Após a queda de energia no estádio Bento Freitas na noite de sexta-feira, na partida entre Brasil de Pelotas e Vila Nova, foi definido que os times entrariam em campo neste sábado, às 15h (de Brasília). Com a retomada do duelo, que acabou sendo paralisado nos acréscimos do primeiro tempo com 2 a 1 para os goianos, o Xavante, por sua vez, já na etapa final, encontrou seu gol fechando a conta em 2 a 2.

Confronto teve início nesta sexta-feira, porém só foi concluído na tarde deste sábado (Foto: Reprodução/SporTV)
Confronto teve início nesta sexta-feira, porém só foi concluído na tarde deste sábado (Foto: Reprodução/SporTV)
Foto: Lance!

Com o resultado, a equipe comandada por Jeson Testoni chegou aos 20 pontos, mas segue segurando a lanterna da competição. Já o time comandado por Higo Magalhães, por conta do tropeço fora de casa, acabou estacionando na 13ª colocação, porém agora com 38 pontos.

RESUMÃO DO PRIMEIRO TEMPO

Antes do apagão no Bento Freitas, a bola rolou na etapa inicial. Mesmo atuando longe de seus domínios, a equipe do Vila Nova não deixou-se intimidar pela situação e tratou de ir para cima. Com isso, logo aos 5 minutos, aproveitando cobrança de escanteio, o atacante Rafael Silva antecipou-se à marcação conseguindo mandar para o fundo das redes abrindo o placar.

Entretanto, mesmo percebendo que o rival era melhor na partida, o Brasil não desanimou e conseguiu arrancar o empate. Aos 15, após cruzamento de Rildo, o goleiro Fabrício acabou batendo roupa no lance sobrando para Erison igualar tudo no Bento Freitas.

Com o tempo passando, o panorama do confronto passou a ficar mais equilibrado até meados dos 35 minutos. Entretanto, em uma das chegadas ao seu campo de ataque, o time goiano conseguiu marcar mais um, porém desta vez contando com a ajuda do lateral Oliveira, que ao tentar tirar uma bola cruzada na área, acabou jogando contra a própria meta deixando o alvirrubro outra vez na frente.

RECOMEÇO COM XAVANTE IGUALANDO O PLACAR NOVAMENTE

Na volta dos times a campo para a conclusão do último lance da etapa inicial, a cobrança de falta de Renatinho acabou sendo afastada pela defesa. Já no segundo tempo, o ritmo em campo era lento com ambos os times pouco criando deixando os goleiros tranquilos.

Querendo aumentar a velocidade, Higo então optou por colocar Kelvin no lugar de Diego Tavares. Entretanto, mesmo com a mudança, quem conseguiu chegar ao gol foi o time da casa, outra vez com ele, Erison, aproveitando um cochilo do sistema defensivo do Tigre mandando uma bomba para o fundo das redes.

RETA FINAL COM EMOÇÃO

Com o placar em aberto, os dois times não queriam sair de campo empatados. Sendo assim, os treinadores optaram por mais algumas substituições visando melhorar o poder ofensivo.

Já nos acréscimos, Gabriel Terra acabou caindo de mau jeito sendo retirado de campo de ambulância. Com mais alguns minutos dados pelo árbitro, o Tigre ainda teve uma grande chance de marcar com Dudu, em cobrança de falta, mas a bola acabou saindo por pouco, sendo este o último lance de perigo antes do árbitro Thiago Luis Scarascati decretar o fim de jogo.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 2x2 VILA NOVA

Data e horário: 15/10/2021, às 21h (de Brasília)

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)

Árbitro: Thiago Luis Scarascati (CBF-SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (CBF-SP) e Leandro Matos Feitosa (CBF-SP)

VAR: Vinícius Furlan (CBF-SP)

Cartões Amarelos: Kelvin, 10'/2ºT; Ícaro, 21'/2ºT; Diego Tavares, 31'/2ºT

Gols: Rafael Silva, 5'/1ºT (1-0); Erison, 15'/1ºT (1-1); Oliveira (contra), 37'/1ºT (2-1); Erison, 12'/2ºT (2-2)

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo; Oliveira (Vidal), Arthur, Ícaro e Kevin; Bruno Matias, Diego Gomes (Gabriel Terra, aos 30'/2ºT) e Rildo; Renatinho (Patrick, aos 39'/2ºT), Erison e Netto (Caio Rangel, aos 30'/2ºT).

(Técnico: Jerson Testoni)

VILA NOVA: Fabrício; André Krobel (Tiago Real, aos 19'/2ºT), Renato Silveira, Rafael Donato e Willian Formiga; Arthur Rezende, Moacir e Dudu; Kelvin (Diego Tavares, aos 12'/2ºT), Rafael Silva e Alesson (Maná, aos 36'/2ºT).

(Técnico: Higo Magalhães)

Lance!
Publicidade
Publicidade