2 eventos ao vivo

Vasco vence o Bangu e assume liderança da Taça Guanabara

13 mar 2016
18h19
atualizado às 18h43
  • separator
  • comentários

O Vasco manteve o bom desempenho da primeira fase do Campeonato Carioca na estreia da Taça Guanabara e venceu por 2 a 0 o Bangu, neste domingo, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a três pontos e assumiram a ponta pelos critérios de desempate.

Jorge Henrique, jogador do Vasco, comemora seu gol durante partida contra o Bangu, válida pela primeira rodada da segunda fase da Taça Guanabara 2016
Jorge Henrique, jogador do Vasco, comemora seu gol durante partida contra o Bangu, válida pela primeira rodada da segunda fase da Taça Guanabara 2016
Foto: Jorge Rodrigues/Agência Eleven/Gazeta Press

Os vascaínos tiveram uma boa atuação, dominaram os 90 minutos e garantiram a vitória com gols de Jorge Henrique e Luan.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o Boavista, no sábado, em partida realizada no Espírito Santo. No mesmo dia, o Bangu vai até o Raulino de Oliveira para enfrentar o Volta Redonda.

O jogo

O Vasco começou a partida a todo vapor e criou sua primeira chance de gol logo com um minuto. Julio dos Santos cruzou pela esquerda e Jorge Henrique cabeceou para grande defesa do goleiro Célio. O lance animou os cruzmaltinos, que assustaram em mais uma bola levantada na área. Desta vez, Luan cabeceou por cima do travessão.

Antes dos cinco minutos, os vascaínos desperdiçaram mais duas chances. Primeiro, Nenê cobrou falta, mas Gelio estava atento para fazer a defesa. Na segunda, Thalles recebeu passe na área, só que finalizou mal, para fora.

Após suportar a pressão inicial, o Bangu conseguiu equilibrar as ações e passou a buscar o ataque. No entanto, os visitantes paravam na boa marcação da zaga cruzmaltina. Só que ao se lançar ao ataque, os banguenses deixaram espaços na defesa e viram o Vasco abrir o placar em um avanço rápido, aos 21 minutos. Madson cruzou rasteiro pela direita e Jorge Henrique se esticou para finalizar para a rede.

Mesmo depois do gol, o Vasco seguiu melhor em campo. No entanto, aos poucos, o Bangu voltou a crescer na partida, só que não chegava com perigo ao ataque. Somente nos minutos finais, os donos da casa voltaram a assustar. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, Rodrigo cabeceou, mas viu o goleiro Célio se esticar para salvar os visitantes.

Antes do intervalo, os vascaínos ainda desperdiçaram boa chance de marcar. Nenê chutou, Célio espalmou para frente e viu Jorge Henrique pegar o rebote. No entanto, o goleiro o Bangu estava atento e salvou mais um vez a equipe de sofrer o segundo gol.

No segundo tempo, o panorama da partida não mudou. Só que o Bangu, que era pouco produtivo, mas teve a primeira boa chance de gol, aos 14 minutos. Em contra-ataque rápido, Giovanni arriscou da entrada da área e assustou o goleiro Martín Silva. A resposta do Vasco veio dois minutos depois. Jorge Henrique recebeu passe na área e chutou cruzado, mas o goleiro Célio apareceu para fazer grande defesa.

Os cruzmaltinos buscavam mais o ataque e foram recompensados aos 29 minutos. Após cobrança de falta na área, Rodrigo escorou e Luan apareceu livre para completar.

Mesmo após o segundo gol, o Vasco seguiu melhor e quase marcou o terceiro aos 40 minutos. Em contra-ataque rápido, Nenê foi lançado na intermediária, levou a melhor sobre a marcação e acertou a trave de Célio. Assim, os vascaínos saíram de campo sofrer gols na estreia da Taça Guanabara.

FICHA TÉCNICA 

VASCO 2 X 0 BANGU

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 13 de março de 2016 (Domingo)

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)

Renda: R$ 118.715,00

Público: 3.943 pagantes

Cartões amarelos: Jorge Henrique (Vasco); Junior e Magno (Bangu)

GOLS:

VASCO: Jorge Henrique, aos 21min do primeiro tempo; Luan, aos 29min do segundo tempo

VASCO: Martin, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho (Matheus Indio) e Nenê; Jorge Henrique (Mateus Vital) e Thalles (Caio Monteiro)

Técnico: Jorginho

BANGU: Célio, Paulo Barrach (Igor), Marlon, Anderson Penna e Guilherme; Ives, Magno, Junior e Almir; Giovanni e Tiago (William)

Técnico: Emanoel Sacramento

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade