0

Campeonato Carioca

Com gol de Sheik, Flamengo estreia batendo o Madureira

Gilvan de Souza/Flamengo
12 mar 2016
18h13
atualizado às 18h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O Flamengo sofreu na primeira rodada da Taça Guanabara. Os rubro-negros foram prejudicados pela chuva forte que caiu em Volta Redonda, mas conseguiram vencer o Madureira por 1 a 0, neste sábado. O gol da vitória veio no segundo tempo, com Emerson Sheik, de pênalti.

A chuva fez com que o primeiro tempo fosse disputado praticamente com chutões, por conta do gramado encharcado. Somente na etapa final, com o campo em melhor estado, o Flamengo chegou à vitória. Gabriel foi derrubado na área e Emerson Sheik não desperdiçou a oportunidade para marcar de pênalti, garantindo os três pontos para os rubro-negros.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o clássico contra o Fluminense, no Pacaembu, no domingo. No mesmo dia, o Madureira encara mais um grande. Desta vez o adversário será o Botafogo, em Xerém.

O jogo

Sob chuva forte, a partida começou em Volta Redonda. Com o gramado repleto de poças, as duas equipes pouco faziam em campo. Tanto que aos 11 minutos, o jogo foi paralisado por sete minutos. Após o retorno, o panorama do confronto seguiu o mesmo, com a bola não rolando no gramado.

Com p passar do tempo, a drenagem no Raulino de Oliveira tratou de melhorar a condição do campo, mas as equipes continuavam com problemas. A única boa chance da etapa inicial aconteceu aos 45 minutos. Após cobrança de falta na área do Madureira, o goleiro Rafael falhou e viu um bate e rebate até a defesa tirar o perigo e manter o placar inalterado no intervalo.

No segundo tempo, com a bola já rolando, o Flamengo passou a pressionar em busca do gol. A primeira boa chance aconteceu aos nove minutos. Após bola rebatida para frente da área, o volante Cuéllar apareceu para finalizar com perigo.

Só que, aos 16 minutos, os rubro-negros conseguiram abrir o placar em Volta Redonda. Gabriel foi derrubado por Daniel na área e o árbitro marcou pênalti. Emerson Sheik cobrou no canto para acabar com a agonia flamenguista.

Depois do revés, o Madureira se lançou ao ataque em busca do empate, mas passou a deixar espaços para os contra-ataques do Flamengo. No entanto, nenhuma das equipes era competente para boas jogadas.

Nos minutos finais, o jogo ficou mais aberto e o Flamengo teve a chance de marcar o segundo aos 41 minutos. Rodinei fez boa jogada pela direita e cruzou para William Arão. O volante tocou para Paolo Guerrero, que finalizou para grande defesa de Rafael. O Madureira ainda tentou as últimas investidas, mas ficou com um a menos já nos acréscimos, com a expulsão de Ayrton. Assim, os rubro-negros tiverma tranquilidade de segurar o resultado até o fim.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 0 MADUREIRA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Data: 12 de março de 2016, sábado

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior (RJ)

Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Diogo Carvalho Silva (ambos do RJ)

Renda: R$ 72.710,00

Público: 2.951 pagantes

Cartões amarelos: Cuéllar (Flamengo); Formiga, Daniel, Jorge Felipe e Geovanne Maranhão (Madureira)

Cartão vermelho: Ayrton (Madureira)

Gol:

FLAMENGO: Emerson Sheik (pênalti), aos 16 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Gustavo Cuéllar, Willian Arão e Gabriel; Marcelo Cirino (Alan Patrick), Paolo Guerrero e Emerson Sheik

Técnico: Muricy Ramalho

MADUREIRA: Rafael, Daniel, Leozão e Jorge Fellipe (Valdeir); Formiga, William, Everton (Ryan), Leandro Chaves e Ayrton; Geovane Maranhão (Paulo Renê) e João Carlos

Técnico: Alfredo Sampaio

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade