PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Reunião de Pedrinho com 777 Partners no Vasco é tensa e tem ameaça de processo

Presidente cruz-maltino cobra R$ 270 milhões da empresa, que diz que só pagará em setembro. Reunião aconteceu na última sexta-feira

15 abr 2024 - 21h24
Compartilhar
Exibir comentários
Fotos: Daniel Ramalho, Dikran Sahagian/Vasco - Legenda: Relação entre SAF e associativo não é das melhores no Vasco
Fotos: Daniel Ramalho, Dikran Sahagian/Vasco - Legenda: Relação entre SAF e associativo não é das melhores no Vasco
Foto: Jogada10

A reunião entre Pedrinho, presidente do Vasco, e Josh Wander, dono da 777 Partners, a SAF do Cruz-Maltino, não teve clima leve. As partes se encontraram na última sexta-feira, de maneira presencial, e divergiram na conversa, que teve ameaça de processo por parte do associativo.

Pedrinho cobrou valores que acredita que o associativo tem a receber da empresa americana, mas a 777 nega que tenha problemas. Junto do presidente, participaram os vice-presidentes Paulo Cesar Salomão Filho e Felipe Carregal e o presidente da Assembleia Geral, Alan Belaciano. O jornal "O Globo" deu a informação.

O Vasco garante que tem R$ 270 milhões a receber. A questão é que a previsão do pagamento da 777 Partners, por contrato, é apenas em setembro. Na reunião, Pedrinho pediu garantias de que a empresa pagará o valor. Interlocutores da SAF, porém, acreditam que o clube deseja a antecipação do dinheiro, o que não deverá ocorrer.

A reunião, aliás, foi um pedido de Pedrinho, que afirma não ter muito poder no futebol vascaíno. Recentemente, em entrevista coletiva, o presidente cruz-maltino falou sobre a relação com a SAF e disse que via com estranheza o contato com a 777 Partners.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade