1 evento ao vivo

Leandro Castán admite que briga do Vasco é contra a degola

9 set 2019
19h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O Vasco se reaproximou da zona de rebaixamento após as derrotas para Cruzeiro e Bahia. O zagueiro Leandro Castán lamentou o resultados e admitiu que o objetivo dos cruzmaltinos nesta temporada é permanecer na elite do futebol brasileiro.

"Era para estarmos melhores na tabela, mais confortáveis. Infelizmente, nossa realidade ainda é essa. Nosso início de campeonato foi muito ruim. Hoje, ainda vencendo São Paulo, Fluminense, Goiás, ainda sofremos. Nunca prometemos chegar na Libertadores. Nossa briga é lá embaixo e vamos brigar até o fim, mas temos certeza que vamos brigar até o fim do ano", comentou.

O vasco está na 15ª colocação, com 18 pontos (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
O vasco está na 15ª colocação, com 18 pontos (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: Gazeta Esportiva

Castán admitiu que o Vasco tem sofrido quando precisa propor o jogo. Para o defensor, sua equipe precisa atuar melhor contra adversários que priorizam o ataque.

"A análise foi boa. É isso. Contra times que atacam, nosso jogo encaixa mais, eles dão mais espaços. Ainda precisamos melhorar. Temos o segundo turno inteiro para isso. O Vasco é um clube de reestruturação. Hoje o Vasco tem outra realidade. É difícil brigar com equipes mais estruturadas. O Vasco é uma equipe de tradição, com camisa pesada. É difícil falar isso", declarou.

O Vasco terá a semana para trabalhar visando o duelo de sábado contra a Chapecoense, na Arena Condá. Para esta partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo terá os retornos do volante Richard e do atacante Talles Magno. Por outro lado, o lateral direito Yago Pikachu será desfalque após ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade