0

Roger Federer domina melhores do ano da ATP e chega a 36 vitórias

9 nov 2017
21h21
  • separator
  • comentários

Número 2 do mundo, Roger Federer dominou a premiação de melhores do ano da Associação Profissional de Tênis (ATP) de 2017. Nesta quinta-feira, a entidade divulgou os vencedores, e o suíço de 36 anos faturou três categorias: Retorno do Ano, Prêmio Stefan Edberg de Esportividade e Favorito dos Fãs.

Os vencedores das categorias de esportividade e retorno são escolhidos pelos próprios jogadores. Na primeira, Federer disputou a final com o espanhol Rafael Nadal, com os sérvios Filip Krajinovic e Janko Tipsarevic, com o sul-africano Kevin Anderson e com o alemão Cedrik-Marcel Stebe. Já na segunda, encarou o argentino Juan Martín del Potro e o croata Marin Cilic, além de Nadal novamente.

Leia mais: Melhor ranqueado do Finals sub-21 garante vaga na última rodada

Outros que foram premiados nesta quinta foram Neville Godwin (melhor técnico, comandando Kevin Anderson), Bob e Mike Bryan (dupla favorita dos fãs),  Denis Shapovalov (jogador que mais evoluiu) e Horia Tecau (Prêmio Humanitário Arthur Ashe).

Acostumado com reconhecimento,o suíço conquistou o prêmio de Retorno do Ano pela primeira vez na carreira, graças às grandes atuações após temporadas abaixo da média. Já as outras categorias, o ídolo do esporte já havia vencido em outras oportunidades na carreira - 15 vezes como o queridinho dos torcedores e 13 pelo espírito esportivo.

Com uma longa carreira de sucesso no tênis, Roger Federer acumula 36 conquistas no melhores do ano da ATP. Completando a lista, ele terminou cinco anos como número 1 do mundo (2004-2007 e 2009), além de ter conquistado duas vezes o Prêmio Humanitário Arthur Ashe (2006 e 2013).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade