0

Mesmo com Inglaterra na Copa, Wimbledon descarta mudar horário de final

Jogo da seleção inglesa na Rússia vai coincidir com uma das decisões do torneio de tênis

9 jul 2018
17h03
  • separator
  • comentários

Apesar da boa campanha da seleção da Inglaterra na Copa do Mundo, o diretor de Wimbledon, Richard Lewis, reiterou nesta segunda-feira que não mudará os horários das finais do Grand Slam britânico, disputado em Londres. As decisões masculina e feminina podem coincidir com o horário do jogo da equipe inglesa de futebol ou na final da Copa ou na disputa do terceiro lugar.

"Já dissemos várias vezes que a final [masculina] será disputada às 14 horas local, como acontece todos os anos", declarou Richard Lewis, diretor de Wimbledon, em entrevista à BBC. Ele vem reiterando a permanência das datas e horários das finais desde antes do início da competição. No entanto, a boa campanha inglesa na Copa aumentou os questionamentos sobre a coincidência de horários nos últimos dias.

É certo, portanto, que haverá choque de horários. Isso porque a seleção inglesa está classificada às semifinais do Mundial de Rússia. Assim, disputará mais duas partidas: a própria semifinal e a final ou a disputa do terceiro lugar.

Se perder para a Croácia, nesta quarta-feira, o time inglês jogará a partida que definirá o terceiro colocado da Copa no sábado, às 11 horas (de Brasília). No mesmo dia, a partir das 10 horas (também de Brasília), terá início a disputa da final feminina de Wimbledon, em Londres.

Caso os ingleses avancem à final do Mundial da Rússia, voltarão a campo no domingo, às 12 horas. E a final masculina de Wimbledon, que costuma ter duração de mais de duas horas, vai começar às 10 horas do mesmo dia. Assim, é possível que uma das duas finais de simples do Grand Slam britânico sofra com redução de audiência na TV britânica, no fim de semana.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade