2 eventos ao vivo

Eliminado na semi, Djoko crê que fez melhor campanha do ano em Madri

15 mai 2017
15h22
  • separator
  • comentários

Novak Djokovic vive um momento turbulento em sua carreira. Na atual temporada, o sérvio conquistou apenas um título, o do ATP 250 de Doha, e acumulou derrotas inesperadas, atreladas a atuações abaixo do esperado do atual número 2. Desde a conquista de Roland Garros em 2016, único Grand Slam que faltava em sua carreira, Djoko já admitiu que caiu de rendimento, e afirma que está em uma fase de mudança.

"Se eu tivesse que descrever meu tênis em uma palavra, sinto que estou em transição. Desde o último ano, pela primeira vez, eu senti um vazio de motivação e precisei de alguns meses para me recuperar. O começo da temporada foi bom para mim, com a vitória em Doha. Infelizmente perdi na Austrália, meu jogo não estava lá, mas mentalmente eu me sinto melhor conforme o tempo vai passando", disse.

Na última semana, Djokovic chegou à semifinal do Masters 1000 de Madri, acabando superado pelo espanhol Rafael Nadal. O sérvio destacou seu resultado na capital espanhola, e confirmou que ainda tem a motivação necessária para ser um dos melhores jogadores de tênis.

"Estou feliz de alcançar a semifinal em Madri, foi o meu melhor resultado do ano. Isso me mostra que estou no caminho certo. Se não lutasse para ganhar todos os jogos, Grand Slams e ser número um do mundo, eu não seria um jogador de tênis profissional. Os resultados vão aparecer, serão consequências do trabalho duro que eu faço todos os dias", finalizou o tenista.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade