PUBLICIDADE

Tênis

Bia Haddad vence de forma dominante Ons Jabeur e está na semi do WTA de Abu Dhabi

Nesta manhã de sexta-feira (8), a brasileira Beatriz Haddad Maia seguiu sua ótima campanha no WTA 500 de Abu Dhabi e desta vez no duelo mais duro até aqui contra Ons Jabeur, número seis do mundo, a paulistana venceu por 6/3 e 6/4, com isso enfrenta Daria Kasatkina na semi. + Sinner consegue virada sobre […]

9 fev 2024 - 16h49
(atualizado às 16h49)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Esporte News Mundo

Nesta manhã de sexta-feira (8), a brasileira Beatriz Haddad Maia seguiu sua ótima campanha no WTA 500 de Abu Dhabi e desta vez no duelo mais duro até aqui contra Ons Jabeur, número seis do mundo, a paulistana venceu por 6/3 e 6/4, com isso enfrenta Daria Kasatkina na semi.

Depois de boas vitórias contra a chinesa Wang e a polonesa Magda Linette, Bia chegou muito confiante para um duelo que tinha todas as expectativas de ser uma batalha daquelas, algo parecido com as quartas de final de Roland Garros no ano passado em que a brasileira venceu.

Em Abu Dhabi, Bia Haddad começou de maneira avassaladora quebrando o saque da tunisiana e abrindo 4/1 no 1º set. Com a tensão aumentando, Ons conseguiu voltar ao jogo e diminuiu a desvantagem para 5/3, mas a brasileira teve o saque para fechar o set e foi exatamente isso que fez para a alegria da grande torcida brasileira no Oriente Médio.

- Estou feliz com o meu jogo. É especial dividir a quadra com a Ons, uma jogadora que representa o tênis feminino de uma forma muito especial. Tenho bastante respeito por ela. Então, vencer em dois sets, do jeito que foi, com a quadra cheia de torcida adversária, é especial - disse Bia, após a partida.

No 2º set, Bia Haddad seguiu muito forte e abriu 2 a 0 na parcial, mas como a guerreira que é, Jabeur não desistiu e virou a parcial para 3/2. Neste momento qualquer erro custaria caro, mas Bia foi firme e não foi quebrada e empatou a parcial em 4/4. Na reta final, Ons em uma das paradas dos games sentou e chorou de dor, algo que parecia desestabilizar a tunisiana que chegou a ser quebrada e ver a parcial ir para 5/4 para a brasileiras, mas Ons foi forte e salvou um match point, mas a magia brasileira não foi párea para Jabeur que acabou sendo eliminada para a gigante Beatriz Haddad Maia.

A vitória foi a décima de Bia Haddad contra uma tenista do top 10 do ranking mundial. A última tinha acontecido contra a própria Ons Jabeur, nas quartas de final de Roland Garros, em 2023. Na ocasião, a brasileira conseguiu uma virada heroica e avançou à primeira semifinal de Grand Slam da carreira.

Para saber tudo sobre o Tênis, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Bia Haddad já tinha chegado às semifinais de Abu Dhabi em 2023. Na próxima fase, no sábado (10), ela enfrentará a russa Daria Kasatkina. A partida começará às 8h (de Brasília). Também no sábado, às 11h15 (de Brasília), Bia disputará as semifinais das duplas, ao lado de Luisa Stefani. As duas, que são cabeças de chave número 2 em Abu Dhabi, enfrentarão as americanas Sofia Kenin e Bethanie Mattek-Sands.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade