PUBLICIDADE

Surfe

Especialista em resgate nas ondas de Nazaré ajuda equipe de Scooby no RS

Alemão foi premiado em 2020 pela WSL por salvar a vida do surfista Alex Botelho na etapa do Mundial em 2020.

9 mai 2024 - 15h00
(atualizado às 15h00)
Compartilhar
Exibir comentários
Alemão de Maresias atua no RS
Alemão de Maresias atua no RS
Foto: Reprodução/Redes Sociais / Esporte News Mundo

Edilson Luís da Assunção, mais conhecido como Alemão de Maresias, está ajudando a resgatar as vítimas das fortes enchentes do Rio Grande do Sul que aconteceu nos últimos dias. O profissional é referência em salvar vidas em Nazaré, praia portuguesa que possui as ondas mais gigantes do planeta. Ele está acompanhado a equipe de surfistas.

Alemão foi premiado em 2020 por salvar a vida do surfista Alex Botelho na etapa do Mundial em 2020. O português sofreu um acidente, foi "nocauteado" pelo jet ski e desmaiou na água. A equipe de segurança de água, representada por Alemão, foi premiada pela WSL, a principal entidade do surfe mundial, com o troféu de "Commitment Award" (prêmio de comprometimento).

Por sua experiência dentro do mar, ele coordena as buscas dos surfistas e pilotos nas regiões. Eles já passaram por Eldorado do Sul e Humaitá, dois lugares fortemente afetados pelas enchentes.

"Conseguimos concluir com nossa missão e agora vamos focar em uma outra região. A de hoje era a mais afetada até uns dias e, graças a Deus, conseguimos organizar lá, deixar tudo em ordem, tirar as famílias, muitos animais, muita coisa feia, difícil até de falar, mas conseguimos concluir tudo e amanhã tem mais" disse em seu Instagram.

Além de Alemão, Scooby, Lucas Chumbo e Ítalo Ferreira, Reyzinho Duarte, Ian Cosenza, Michelle des Bouillons, Will Santana, Iankel Noronha, Felipe Cesarano, Júnior da Salinas, Bernardo Scolari e Thiago Lemgruber também estão ajudando nas buscas de mais pessoas.

Além da ajuda dentro da água, no local que tem servido como base, eles fornecem médicos, remédios, roupas, comida, colchão, banho e cerca de 90 leitos. No total, são aproximadamente 300 voluntários.

O grupo foi efetivo nos resgates. Na última terça-feira, o grupo fez o resgate de mais de 20 cachorros que estavam presos em um ginásio no Rio Grande do Sul, além de outras pessoas.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade