PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

O dia em que Rogério Ceni trocou o Inter pelo Corinthians

O garoto apaixonado pelo Colorado teve que secar o time do coração nos últimos minutos no Beira-Rio

26 fev 2021 17h09
ver comentários
Publicidade

 

Rogério Ceni tinha seis anos quando seu pai o levou para ver o Inter pela primeira vez em ação. Sim, aquele mesmo Colorado que seria coroado com o título brasileiro de 79, o inesquecível Internacional de Falcão.

Quarenta e um anos se passaram e a paixão de menino ficou bem escondida ali no Morumbi. Afinal havia uma outra muito mais recente: a paixão pelo Tricolor. Tricolor que ele teria de vencer para ser campeão brasileiro pelo Flamengo.

Vários Cenis divididos. O garotinho torcedor do Colorado. O adolescente que veio para São Paulo e se tornou um dos maiores ídolos do Tricolor. O Ceni adulto que buscava o primeiro título brasileiro como técnico pelo Flamengo.

No Morumbi, o técnico Rogério Ceni viu uma cena se repetir nesta temporada: derrota para o São Paulo. Se o Inter fizesse um gol contra o Corinthians, o título seria do Colorado. Só que o que seria motivo para festa 41 anos atrás, hoje poderia significar o fim da linha para o técnico no Flamengo.

Como o Inter teve um gol bem anulado nos acréscimos, os jogadores do Flamengo e o técnico Rogério Ceni tiveram que torcer pelo Corinthians nos minutos finais. E com Cássio em estado de graça, o placar terminou mesmo 0 x 0.

Ceni, o garotinho que torcia para o Inter, que virou um dos maiores ídolos da história do São Paulo, que tenta deslanchar como técnico do Flamengo, foi por uns minutos torcedor do Corinthians.

Não é só futebol. Nunca foi.

 

 

 

 

 

Bruno Henrique fez o gol do Flamengo na derrota para o São Paulo por 2 x 1
Bruno Henrique fez o gol do Flamengo na derrota para o São Paulo por 2 x 1
Foto: Alexandre Vidal/CRF / Site do Flamengo

 

Paradinha Esportiva Paradinha Esportiva
Publicidade
Publicidade