0

Estudioso, Jardine inicia vestibular para ser efetivado no São Paulo

15 nov 2018
11h03
atualizado às 11h03
  • separator
  • 0
  • comentários

Escolhido para comandar o São Paulo nesta reta final de temporada, André Jardine inicia nesta quinta-feira, contra o Grêmio, no Morumbi, sua caminhada para ser efetivado no cargo de técnico da equipe profissional.

Promovido a membro da comissão técnica permanente do time principal em março, o gaúcho de 39 anos é o nome forte da diretoria para substituir Diego Aguirre, demitido no último domingo.

No mês passado, apoiado e liberado pelo Tricolor, o auxiliar viajou para a Europa com o intuito de buscar aprendizado e atualizações. Lá, Jardine passou alguns dias assistindo a jogos e treinos de grandes clubes do continente.

De perfil estudioso, o interino é reconhecido por seu trabalho nas categorias de base dos clubes pelos quais passou. Além de ter sido vencedor na dupla Gre-Nal, empilhou títulos comandando o time sub-20 do São Paulo, entre 2015 e 2017.

Por isso, o diretor-executivo de futebol Raí e o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, entusiastas da promoção de André Jardine, torcem pelo seu sucesso nos cinco desafios a seguir.

Caso conquiste resultados, como a classificação direta à próxima Copa Libertadores, e demonstre que pode comandar um time do porte do São Paulo, Jardine será efetivado ao término da temporada.

Com 58 pontos em 33 rodadas do Brasileirão, São Paulo e Grêmio farão um confronto direto por um lugar no G4. Com uma vitória a menos, os paulistas ocupam o quinto lugar. Além dos gaúchos, o Tricolor encara Cruzeiro (C), Vasco (F), Sport (C) e Chapecoense (F) até o fim do campeonato.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade