PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

Ceni aprova lado direito do São Paulo com reforços e elege Alisson o melhor em campo

28 jan 2022 00h53
| atualizado às 08h53
ver comentários
Publicidade

O técnico Rogério Ceni gostou bastante do funcionamento do lado direito do São Paulo na estreia da equipe no Campeonato Paulista. Depois de um 2021 marcado por uma maior força do lado esquerdo, em que Reinaldo se consolidou como o líder de assistências do time, o Tricolor começa a apresentar um equilíbrio entre os setores, sem depender tanto dos cruzamentos do camisa 6 são-paulino.

"Acho que, enquanto [os reforços] tiveram condição física, desempenharam bem suas funções. Lado direito, principalmente com Nikão, Rafinha e Alisson, funcionou bastante, construímos a maioria das nossas jogadas por esse lado", comentou Rogério Ceni.

Titular nesta quinta-feira, Alisson provou por que vinha sendo tão elogiado internamente durante a pré-temporada no CT da Barra Funda. O meia esbanjou vigor físico e jogou um futebol intenso neste primeiro jogo com a camisa do São Paulo.

"Talvez o melhor jogador nosso foi o Alisson, jogou pelo meio, jogou pelo lado quando foi preciso, e teve uma condição física superior à dos demais. Mas, nós precisamos melhorar. Sabemos que precisamos melhorar a parte física e sermos um pouco mais agressivos, com mais profundidade. Vamos tentar fazer isso através dos jogos, durante a competição", prosseguiu Ceni.

Se o lado direito foi motivo de orgulho para Rogério Ceni, o lado esquerdo virou motivo de preocupação. Antes a solução para os problemas do São Paulo no ataque, o setor não agradou o comandante tricolor nesta quinta-feira e deve ser um de seus focos nos trabalhos dos próximos dias.

"O lado direito funcionou bem, o lado esquerdo não foi da mesma maneira. O ano passado o time atacava muito pelo lado esquerdo, Nikão, Rafinha e Alisson ajudaram a equilibrar o lado direito, tivemos mais equilíbrio e melhores ações pelo lado direito. Falta a gente dar esse equilíbrio pelo lado esquerdo. Mas, precisamos melhorar na criação, falhamos bastante na criação", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade