7 eventos ao vivo

Vladimir revela que Jesualdo deve fazer rodízio no gol do Santos

Goleiro ganha espaço após empréstimo para o Avaí e deve intercalar a condição de titular com Everson

12 fev 2020
18h37
atualizado às 18h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O goleiro Vladimir não escondeu nesta quarta-feira sua satisfação em retornar ao Santos. De volta ao clube, após um período de empréstimo ao Avaí, ele voltou a defender a equipe paulista na vitória sobre o Botafogo-SP, na segunda-feira, em rodada do Campeonato Paulista. Segundo o jogador, pode ser a primeira de diversas oportunidades que pode receber no gol santista nas próximas semanas.

"Sempre deixei claro que aqui é minha casa. Senti saudade de vestir essa camisa e senti essa responsabilidade", disse Vladimir, feliz pelo retorno e também pelo resultado. "O mais importante foi sair de lá com a vitória. Fiquei muito feliz. É uma satisfação vestir essa camisa. Eu me sinto privilegiado em fazer parte da história do Santos."

Vladimir não defendia o Santos desde o fim de novembro de 2018. No dia 21 daquele mês, o time empatara com o Botafogo por 1 a 1, pelo Brasileirão. Em 2019, o jogador foi emprestado ao Avaí, que acabou sendo rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Seu retorno se deve à transferência de Vanderlei para o Grêmio.

Vladimir vai disputar com o titular Everson um espaço na equipe. E revelou que o técnico Jesualdo Ferreira já indicou que fará um rodízio no gol santista. "Ele deixou claro que pretende dar rodagem. O Santos sempre teve competitividade grande. Tenho buscado meu espaço para ter oportunidades e aproveitar. O Everson fez um bom ano em 2019, João Paulo e John também treinam forte. Quem entrar vai corresponder à altura."

Em meio a esta disputa interna, Vladimir garantiu estar motivado em seu retorno ao clube paulista. "Quero dar meu melhor e coroar [minhas atuações] com títulos. O futuro a Deus pertence. Se vou ter mais oportunidades ou não, não tem como projetar, porque tenho contrato até o final do ano. Quero construir mais história no Santos. Quero mais títulos", declarou o jogador, que tem contrato até o fim do ano.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade